A zazuu, plataforma de saúde e bem-estar para pets, conta com a parceria da Harvard Business School Alumni com o objetivo de se consolidar no mercado de saúde e bem-estar para pets. A Harvard Angels do Brasil, associação sem fins lucrativos, composta por ex-alunos da universidade americana interessados em investir em companhias de alto potencial em estágio inicial, tem o objetivo de facilitar o acesso das startups aos capitais financeiro e humano e fomentar o ecossistema de inovação no país. Os valores da transação não foram divulgados.

De acordo com o presidente da Harvard Angels do Brasil, Ruy Chaves, a parceria é também uma oportunidade para ampliar experiências e resultados. “Nós contamos com ex-empreendedores e executivos de alto escalão que compartilham interesse pessoal em investir em startups. E a zazuu traz uma proposta de negócio inovadora no mercado, que chamou a nossa atenção”, conta.

A zazuu oferece, de forma humanizada, serviços essenciais para animais de pequeno porte, como gatos e cachorros. A startup aposta em transformar momentos essenciais, como banho, tosa e consultas veterinárias, em experiências únicas e agradáveis aos pets, trazendo conforto, praticidade e conveniência para seus tutores. “Também realizamos consultas com veterinários e aplicações de vacinas. Nossa intenção é atender todas as necessidades do animal, com a agilidade que o tutor precisa, trabalhando também na prevenção de doenças”, explica Aline Lex, fundadora da zazuu. “Após a solicitação pelo app, vamos até o pet e realizamos o atendimento personalizado”, complementa.

Segundo Aline, a parceria com a HBSAAB chegou para melhorar ainda mais a gestão da empresa. “Temos orgulho em poder contar com um grupo de investidores anjo tão seleto e participativo e esse é apenas o início de um longo trabalho conjunto”, avalia.

O objetivo futuro da zazuu é a ampliação do portfólio de serviços e a expansão geográfica. “Queremos levar nosso negócio para todo o Brasil, pois entendemos que existe uma demanda reprimida e um mercado muito promissor, que carece de inovação e tecnologia. Cerca de 40% da receita da zazuu é decorrente de pacotes e assinaturas. Já realizamos mais de 4 mil atendimentos na cidade de São Paulo e nosso objetivo a longo prazo é ampliar para 10 mil atendimentos por mês”, completa.

* Foto em destaque: Aline Lex, fundadora da Zazuu.

Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.