A NovoAgro Ventures, uma venture builder atuante na vertical de agronegócio da rede internacional FCJ Ventures cuja missão é levar tecnologia e inovação para o campo, anunciou a aquisição da Agrorigem que comercializa cafés especiais direto do produtor.

Desde 1892, a startup tem história para contar. Começou com o cultivo de café na Serra da Mantiqueira, uma cadeia montanhosa que se estende por São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A paixão pelo café associada com a inovação e tecnologia são o fio condutor dessa trajetória, em que a empresa tornou-se responsável por ser o canal entre produtores rurais e o mercado de cafés especiais, identificando necessidades e compartilhando tendências.

De uma forma geral, esse mercado busca toda uma experiência de consumo, com ampla variedade de cafés e métodos de preparo, um ambiente agradável e de maior proximidade com a origem do café, com o produtor.

Pensando nisso, a Agrorigem institui-se enquanto startup, mas a agilidade exigida pelo mercado e a equipe reduzida geraram logo algumas dores, como: dificuldade para conquistar e fidelizar clientes, falta de conexões para exponencializar as vendas, dificuldade em encontrar grandes produtores, falta de estruturação de processos, falta de braço para desempenhar atividades como marketing, por exemplo. Todos esses desafios levaram a Agrorigem a identificar a NovoAgro Ventures como parceira estratégica para o desenvolvimento do negócio.

Além disso, a NovoAgro tem uma equipe especializada para auxiliar na gestão e no desenvolvimento das startups do portfólio, ofertando acesso à estrutura da FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais – a maior do país), promovendo conexões com o mercado e com fundos de investimento, assim prepara as startups para receberem investimentos e outros insumos.

“A Agrorigem vem caminhando com a NovoAgro Ventures e conquistando passos cada vez mais largos. Só vemos motivos para comemorar!”, comenta Leonardo Dias, CEO da NovoAgro.

Em seus quatro primeiros meses de existência da NovoAgro, a Agrorigem vem ampliando sua presença no mercado e realizou sua primeira exportação. De acordo com os empreendedores da startup, os principais ganhos da entrada da aquisição do portfólio, até o momento estão relacionados a:

  • Networking: chancela da FAEMG, participação em eventos, conexões diversas, exploração dos contatos da rede FCJ para aumentar o mercado de internacionalização, ativação rápida da rede nacional de contatos no agronegócio.
  • Exposição da marca Agrorigem em diversas participações.
  • Suporte em marketing para confecção de peças para redes sociais.
  • Estruturação de diversos processos relacionados a estrutura organizacional, entendimento do cliente, prospecção, vendas e pós-venda.
  • Gestão de resultados: estabelecimento de métricas e KPIs, acompanhamento e controle deles, além da criação de dashboards de acompanhamento com OKRs trimestrais.
  • Investimentos: elaboração do pitch de investimento, preparação para obter investimento e elaboração do plano de alocação de recursos para investimento seed, conexão com fundos de investimento.

* Foto de destaque: Daniele Alkmin, CEO da Agrorigem.