BRANDED CONTENT

Mesmo sendo maioria no Brasil (56%, segundo o IBGE), a população negra é ainda minoria em cargos de gestão empresarial – representa 23,6% das lideranças, de acordo com a Pesquisa Afroempreendedorismo no Brasil. Para mudar esse quadro, a plataforma de transformação digital Distrito com cocriação com a Inventivos e em parceria com a Via e Unilever, lança em novembro o Black Scale, programa de aceleração para startups fundadas por pessoas negras. 

O processo terá duas etapas: seleção e aceleração. Entre os inscritos, 50 startups serão chamadas para entrevistas. Dessas, a equipe Scale irá selecionar 20 empresas para a fase de imersão, uma pré-aceleração intensiva com duração de um mês. Ao final, 10 serão escolhidas para o plano de aceleração completo ao longo de três meses.

“Enquanto software e cloud figuram como principal segmento de pequenas e médias empresas gerais, a categoria sequer aparece nos dez principais ramos dos afroempreendedores. Muitas startups não têm nenhum negro na equipe. Isso mostra que o mercado de tecnologia é pouco diverso e queremos mudar esse cenário por um ambiente cada vez mais igualitário”, afirma Gustavo Araujo, CEO do Distrito. 

“A jornada de empreender é, por vezes, precarizada. Sobretudo quando falamos de negócios que são fundados por pessoas negras. A característica da cor de pele nos atravessa nas relações profissionais, seja no menor faturamento nas empresas fundadas por pessoas negras, no empreendedorismo por sobrevivência, e não por oportunidade, ou na dificuldade de acesso a crédito. O que falta é incentivo, cases para se inspirar e, principalmente, orientação. Por isso, esse programa é muito importante para diminuirmos as desigualdades no mundo dos negócios”, completa Lucas Santana, CEO da Inventivos.

O Black Scale inclui conteúdos de business e tecnologia, mentorias com especialistas, conexões com outras empresas de inovação, acesso a ferramentas digitais, plano de acompanhamento, entre outros benefícios. As startups vão receber treinamentos baseados em quatro pilares: posicionamento de marca, cultura de inovação, deal flow de negócios e impacto social. 

“O tema Diversidade e Inclusão na Unilever não fica restrito à área de Recursos Humanos, ele permeia todas as nossas marcas e áreas e é parte importante da nossa estratégia de negócios, assim como a inovação, ambos sendo premissas para tudo o que fazemos. Por isso vemos a oportunidade que o Black Scale nos traz de quebrar barreiras nestes dois temas somados e contribuir para essa jornada de transformação do cenário de startups. O tema inovação é parte do Fundo Afrolever, uma iniciativa da Unilever cuja missão de acelerar as oportunidades para pessoas negras se apoia nos pilares de talentos, marcas, fornecedores e comunidade, e busca impulsionar a representatividade negra dentro da companhia e também na sociedade. Estamos orgulhosos de fazer parte porque acreditamos muito no potencial dessa ação para acelerar e fomentar a cadeia de startups e empreendedores para que tenha mais diversidade e interseccionalidade”, diz Luana Suzina, Gerente de D&I da Unilever Brasil.

O desconhecimento de estratégias digitais, métodos, processos e de como tornar o negócio rentável são apontados como alguns dos principais desafios pelos empreendedores negros. E o Black Scale vai justamente fornecer ferramentas para superar essas dificuldades, potencializando iniciativas de inovação, além de criar oportunidades para novos negócios.

“O Programa Black Scale é uma grande oportunidade para contribuir com o aumento da diversidade no ecossistema de startups. Para nós, da Via, é um orgulho enorme poder contribuir com a aceleração de negócios liderados por pessoas negras porque acreditamos na força inventiva do afro empreendedorismo inserido na transformação digital e no movimento coletivo, dialogando e tornando toda jornada digital mais inclusiva. Aqui na Via, a Diversidade, Equidade e Inclusão são valores e fazem parte do nosso compromisso como empresa, pois queremos que a pluralidade brasileira esteja representada em nosso time, e claro, na sociedade. Sabemos do nosso papel como empresa e nos comprometemos nessa atuação mais ativa na agenda de equidade racial Brasil, focando, também, em programas internos de aceleração de carreiras para profissionais negros e a meta de representatividade de 45% de negros em cargos de gerência acima”, conclui Amanda Ferreira, Gerente de Diversidade e Inclusão da Via.

Os empreendedores podem se inscrever no site Black Scale até o dia 17 de dezembro. 


* Foto de destaque: Divulgação/ Distrito.