Espaço virtual do Facebook, nova aquisição da Netflix e aportes? Tudo aconteceu em apenas uma semana. Separamos as principais notícias do mercado para você ficar atualizado. Confira: 

1- Tembici recebe captação de R$ 420 milhões e avança no mercado de bicicletas elétricas

A Tembici, líder em tecnologia para micromobilidade na América Latina, recebeu uma captação de US$ 80 milhões (cerca de R$ 420 milhões), liderado pela Crescera Capital. O valor levantado em Série C será usado para expandir o número de bikes elétricas, aumentar a atuação da empresa em novos países, além de investir em tecnologia e no last mile delivery, nova linha de negócio que será ampliada.

2- Rede de talentos remotos de engenharia recebe aporte de US$ 200 milhões e passa a valer US$ 1,5 bilhão

A Andela, rede global para talentos remotos de engenharia, recebeu um aporte financeiro de US$ 200 milhões em Série E, o que fez o valuation da empresa chegar a US$ 1,5 bilhão. A rodada foi liderada pelo Softbank Vision Fund 2 com a participação de novos investidores da Whale Rock, e investidores que já apoiam a empresa, incluindo a Generation Investment Management, Chan Zuckerberg Initiative, e Spark Capital.

3- Facebook lança fundo de US$ 50 milhões para construir ‘metaverso’

O Facebook anunciou a criação de um fundo de US$ 50 milhões que será aplicado na construção do chamado “metaverso” da empresa, uma espécie de universo digital que poderá ser explorado por pessoas que não estão no mesmo espaço físico. O valor será dedicado para pesquisa e programas de parcerias que garantam que o produto seja desenvolvido de forma responsável.

4- De olho em novos mercados, Netflix adquire empresa indie com jogos aclamados pela crítica

Para agregar ainda mais conteúdo em seu catálogo, a Netflix começou a investir em sua equipe de desenvolvimento de jogos. A marca adquiriu recentemente o Night School Studio, fundado em 2014 pelos primos Sean Krankel e Adam Hines, que desenvolvem jogos independentes.

A Netflix comentou que o projeto de desenvolvimento de jogos já era algo que interessava a empresa e que pretendem levar a mesma qualidade e dedicação utilizada no desenvolvimento de séries e filmes para o mundo dos videogames. Além disso o serviço de Streamming adicionou que da mesma forma que os filmes e séries, os jogos farão parte da mesma assinatura Netflix — sem anúncios nem compras no aplicativo.

Foto destaque: Tomás Martins, CEO e cofundador da Tembici e Jeremy Johnson, Fundador & CEO da Andela.


Quer ficar por dentro de mais notícias do ecossistema de inovação e startups? Clique aqui e assine nossa Newsletter.