* Por Elber Mazaro

Chegamos ao nosso terceiro artigo sobre como equilibrar a vida pessoal e a carreira profissional.

Gostaria de me aprofundar um pouco mais no tema das várias dimensões que temos na nossa vida (tanto do lado pessoal, quanto do profissional).

As dimensões das vidas pessoal e profissional

Algo importante de entendermos na busca por um equilíbrio que separa e junta a vida pessoal com as questões de carreira profissional, é que em ambos os lados, temos várias dimensões e desdobramentos.

A vida pessoal é composta de momentos e atividades individuais, sociais, religiosas, voltadas para a saúde e bem-estar, para a família entre outras áreas / possibilidades. 

Então, quando falamos em vida pessoal estamos abordando várias dimensões, que também precisam de algum equilíbrio para que possamos considerar e alcançar o tão desejado equilíbrio pessoal com a carreira profissional, no todo.

Quando consideramos o lado profissional, também podemos ter várias dimensões, por exemplo: o tempo destinado ao desenvolvimento de conhecimentos, ou seja do capital intelectual, para executar e assumir novas funções; ou o tempo dedicado à construção do networking, o tal do capital social, que abrirá muitas portas e poderá trazer soluções para várias questões profissionais. 

Essas dimensões profissionais devem ser trabalhadas enquanto executamos o principal, que é o trabalho para o qual estamos sendo remunerados, ou seja, a rotina diária de atividades que criam valor para alguém que nos remunera.

O próprio planejamento da carreira profissional, toma tempo, o qual precisa ser considerado como mais uma dimensão do lado profissional, nessa busca por equilíbrio.

No final, todas as dimensões de ambos os lados, demandam alocação do seu tempo, o que deve ser feito com qualidade e equilíbrio, para endereçarmos a questão ampla sobre equilíbrio entre vida pessoal e carreira profissional.

Lembrando que é uma questão pessoal e individual a definição de quanto tempo deve ser dedicado para cada dimensão. O importante é reconhecer que essas dimensões existem em ambos os lados e que precisam de algum tempo para uma abordagem completa da vida e que este tempo deve ser de qualidade.

Faça uma reflexão sobre quanto tempo você aloca para cada dimensão dos dois lados (pessoal e profissional).

Existem estudos que mostram que pacientes em estágio terminal, normalmente demonstram arrependimento sobre como alocaram seu tempo e sua atenção, às dimensões da vida pessoal e profissional, e que gostariam de ter feito uma divisão diferente, dedicando mais tempo para algo / alguma das dimensões. 

Você pode se perguntar enquanto ainda consegue mudar e não deixar para o final da vida, quando isto só vai gerar frustração e arrependimento.

Aprofundando um pouco mais nas dimensões da vida pessoal, recomendo uma consideração mínima das seguintes:

Individual: você com você mesmo e só. Atividades e tempo para o indivíduo único que é. Pode ser para refletir, para interagir com a natureza, para “recarregar as baterias” / se energizar, pode ser para contemplar ou para celebrar. Muitas pessoas se esquecem de programar este tempo em que a prioridade e a dedicação são ela mesma, e não a profissão ou a família (principalmente filhos, quando existem).

Social: vivemos em sociedade e praticamente não conseguimos existir isolados e sozinhos, portanto, precisamos cuidar da dimensão de convívio e relacionamento com outras pessoas, amigos ou não, é importante socializar e ter tempo para isto na vida pessoal.

Familiar: esta dimensão é muito importante e deve ter o tempo justo, ou seja, um tempo que permita o relacionamento saudável entre pais e filhos, entre irmãos, primos, com avós, etc. A família é uma base importante da vida pessoal, mas também representa um fardo para alguns, que acabam pensando em quantidade de tempo e não em qualidade, ou usam todo o seu tempo pessoal (quando não estão no trabalho) só para a família, como para os filhos ou para o companheiro(a), não sobrando nada para as demais dimensões. 

Fé / Religioso / Espiritualidade: para alguns é importante ter fé em algo / alguém, e a religião tem uma importância muito grande, portanto é uma dimensão da vida pessoal que merece receber seu tempo na busca por equilíbrio.

Saúde (e atividades físicas): para se poder aproveitar bem o tempo em todas as dimensões, com a tal da qualidade mencionada e com produtividade, é importante alocar tempo para se cuidar da saúde física e mental e assim para as atividades que tragam esta saúde, desde visitas a médicos, dentistas, terapeutas… à exames e atividades físicas / exercícios.

Quais são as dimensões importantes na sua vida pessoal e na sua carreira profissional?

Já pensou em como estão as suas várias dimensões da vida pessoal e profissional? Existe um equilíbrio ou uma alocação adequada do seu tempo?

O que você gostaria de mudar?

Entender o cenário, o momento atual, é um passo importante para a conquista do equilíbrio entre vida pessoal e a carreira profissional, portanto preste atenção e reflita sobre isso. 

Você pode fazer o exercício de registrar todas as suas atividades, durante um semana típica, para ter mais informações, em uma espécie de diário, e assim poder avaliar a sua alocação de tempo.


Elber Mazaro é assessor/consultor, mentor e professor em Estratégia, Tecnologia, Marketing, Carreiras/Liderança e Inovação/Empreendedorismo. Atua há mais de 25 anos no mercado, liderando negócios no Brasil e na América Latina. Possui mestrado em Empreendedorismo pela FEA-USP, pós-graduação em Marketing e bacharelado em Ciências da Computação.