A Microsoft anunciou que fechou um acordo com o exército dos Estados Unidos para fornecer, durante 10 anos, 120 mil aparelhos de realidade aumentada. Segundo a Bloomberg, o negócio, inicialmente revelado há três anos, é avaliado em US$ 21,9 bilhões.

Ainda de acordo com o site, o contrato tem duração inicial de cinco anos, podendo ser prorrogado para mais cinco. Os aparelhos também serão fabricados nos EUA. Com a notícia, as ações da Microsoft subiram 3,1% nesta quarta-feira, fechando a US$ 235,77 em Nova York.

“O IVAS, baseado no HoloLens e ampliado pelos serviços em nuvem do Microsoft Azure, oferece uma plataforma que manterá os soldados mais seguros e os tornará mais eficazes. O programa oferece maior consciência situacional, permitindo o compartilhamento de informações e a tomada de decisões em uma variedade de cenários”, disse Alex Kipman, especialista em tecnologia da Microsoft, em uma publicação no blog da empresa.

“A Microsoft trabalhou em estreita colaboração com o Exército dos EUA nos últimos dois anos e, juntos, ajudamos na prototipagem rápida de um produto para fornecer aos soldados as ferramentas e recursos necessários para cumprir sua missão”, completou.

Por fim, ele agradeceu a parceria com o exército estadunidense. “Somos gratos por sua confiança contínua na transição do IVAS de prototipagem rápida para campo rápido. Esperamos construir esta parceria de sucesso com os homens e mulheres da Força de Combate Próximo do Exército dos EUA”, finalizou.

* Com informações da Bloomberg.