A Afya Educacional, maior grupo de educação médica do Brasil, anunciou um investimento de R$ 822 milhões, o equivalente a US$ 150 milhões, do SoftBank Latin America Fund, mediante cumprimento de determinadas condições precedentes e habituais para a conclusão do negócio.

Além do aporte na Companhia, a Crescera Educacional II Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia e a Família Esteves, fundadora da Afya, irão vender ao SoftBank Latin America Fund o total de 2,270,208 ações Classe A. Após ambas as transações e considerando a conversão das ações perpétuas em ações preferenciais, o Softbank passa a deter 8,4% das ações da Companhia. Como parte do acordo, Paulo Passoni, managing partner do SoftBank Latin America Fund, será nomeado membro do Conselho de Administração da Afya em até 30 dias a contar desta data.

Com este aporte, a Afya pretende investir em aquisições, produtos e tecnologias. “Desde o nosso IPO, estamos comprometidos em estar mais próximos do médico, atuando como parceiro em toda a sua carreira. Esse investimento do SoftBank, junto à sua expertise com o ecossistema de healthtechs, permitirá que a Afya ofereça produtos e serviços digitais que atendam às necessidades da classe médica, fortalecendo ainda mais a vocação do nosso grupo e acelerando significativamente nosso crescimento”, afirma Virgílio Gibbon, CEO da Afya.

O SoftBank Latin America Fund já é parceiro da Afya desde a aquisição da iClinic, healthtech criada em 2012 para levar mais tecnologia ao médico dentro do consultório, por meio de prontuário eletrônico, agendamento online de consultas e telemedicina. Agora, com o aporte de US$ 150 milhões, a parceria entre as empresas será fortalecida, bem como a convergência de interesses para criação de um hub de produtos e serviços digitais tendo o médico no centro da tomada de decisão.

“A educação médica e os serviços digitais em saúde estão passando por um crescimento sem precedentes no Brasil. Ficamos impressionados com a estratégia de atuação da Afya neste setor e partilhamos da mesma visão de auxiliar o médico na transformação digital de sua carreira, com um ecossistema de serviços que o ajudará a focar em sua prática médica”, explica Paulo Passoni, do SoftBank Latin America Fund.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.