Ano novo para o ecossistema de startups: o que esperar?

* Por Ana Flávia Carrilo

E cá estamos, em mais um começo de ano nesta coluna! Aquele período de altas expectativas, especialmente para o ecossistema de startups – ansioso pela retomada das atividades e para colocar em prática os aprendizados de 2020, um ano difícil, apesar do saldo positivo para o setor. 

É difícil traçar grandes previsões, já que as incertezas da vacina, retomada dos modelos tradicionais ou implementação dos modelos de gestão híbridos ainda estão em discussão entre empreendedores e players que venho acompanhando. Mas, já começamos o ano com boas novas que mostram a consolidação do nosso segmento. 

Para relembrarmos, nós terminamos o ano de 2020 com marcos importantes: a assinatura do Marco Legal das Startups, que traz uma representatividade jurídica para as startups, o novo um recorde de investimento: startups brasileiras captaram US$ 3,5 bilhões no último ano e no número de fusões e aquisições no setor – com 163 transações. 

E agora, já começamos o ano de 2021 também com notícias animadoras. No dia 07 do ano, o mercado recebeu a notícia de um novo unicórnio verde e amarelo: a Madeira Madeira, startup paraense, recebeu aporte de US$190 milhões. A rodada série E de captação, avaliou a companhia em mais de US $1 bilhão, foi liderada pelo SoftBank e pelo Dynamo.

Outra grande novidade no mundo do M&A (fusão e aquisição de empresas) foi o anúncio da plataforma Easynvest, que comprou a Vérios, gestora de investimentos através de robôs, e que agora, quer dobrar o número de clientes. Atualmente, a Easynvest já tem 1,6 milhões de pessoas investindo em sua plataforma e foi recentemente comprada pelo Nubank. 

Ou seja, com mercado aquecido e novas tendências surgindo, as expectativas para este ano continuam altas. Setores como finanças, educação, saúde e logística que se destacaram na crise, devem continuar em alta. Assim, como mercados que precisam se estruturar, como  eventos, vendas e alimentação, devem se reinventar este ano. 

Se você quer reforçar seu negócio, lembre-se que mais do que nunca, consolide seu modelo no digital, não deixe de lado sua cultura. Mantenha ela forte e estabelecida entre os colaboradores, além de estudar bem sobre o seu público-alvo. A forma de consumir produtos e serviços mudou no último ano, por isso ouvir seu público e necessidades será fundamental este ano. 

Por aqui na Abstartups, apostamos para 2021 no fortalecimento da qualidade e potencial da inovação para superar os novos desafios. Sabemos que ainda precisamos entender como serão os caminhos de uma reabertura, mas continuamos na missão de consolidar e trazer cada vez mais informação para o mercado, fortalecer comunidades emergentes de startups e apostar em educação e formação de talentos no setor, uma demanda que vem em crescente nas startups do país. 

Um ótimo começo de ano para nós!


Ana Flávia Carrilo é comunicadora por essência, formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Acredita no acesso a informação como forma de transformação social. Atualmente, faz parte da equipe de comunicação da Associação Brasileira de Startups, ajudando no desenvolvimento do ecossistema empreendedor brasileiro.

Espaço Exclusivo para Empreendedores transmitirem conhecimento, desafios e experiências sobre aceleração, captação de investimentos, planejamento de marketing, escalabilidade, feiras e missões comerciais, internacionalização; know how sobre modelagem de negócios, mentoria, MVP, pivotagem, relação com investidores, com sócios, com clientes…e muito mais!

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.