De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria inglesa Tecmar, as pessoas pegam seus celulares, em média 221 vezes por dia. Outro estudo, desenvolvido pela empresa DscoutResearch, mostra que um celular recebe, em média, 2.600 toques diários de seu proprietário. Apesar disso, 45% dos donos de smartphones no Brasil dizem que apenas instalam apps ocasionalmente, raramente ou nunca. (Digital Turbine setembro 2020).

Então, como se destacar e tornar seu app acessível para um maior número de pessoas?

Para responder essa pergunta e nos dar um panorama sobre o mercado de mobile app, conversamos com Mike Ng, Chief Revenue Office da Digital Turbine, empresa de plataforma de comunicações móveis que simplifica a descoberta de conteúdos e aplicativos.

Os profissionais de mobile growth, especialistas em tecnologia mobile com foco em crescimento, estão cada vez mais competitivos para levar os seus aplicativos aos aparelhos de celulares do Brasil e do mundo. Segundo Mike, existem muitas razões para o número mostrado acima, onde mais de 45% dos usuários dizem que ocasionalmente, raramente ou nunca instalam aplicativos. “O que chamamos de ‘fricção mental’ é uma grande razão. Quando alguém está envolvido com o conteúdo, a mente deseja permanecer envolvida. É preciso algo realmente atraente para afastar a pessoa. Além disso, você pode adicionar ‘fricção física’. O que acontece é que muitas pessoas quando são impactadas por um anúncio no Facebook ou Google e são direcionadas para o Google Play, simplesmente fecham a janela. Pode ser por falta de espaço no celular ou por não estar conectado a uma rede Wi-fi.

Ou seja, existem várias restrições, o que gera a perda de clientes. Além disso, tem a parte da competição, pois existem milhares de aplicativos disponíveis no Google Play.

Para solucionar esse problema, a Digital Turbine criou uma solução que faz a entrega dos aplicativos para os usuários Android de uma maneira mais amigável e sem atritos através de várias experiências de exibição nos dispositivos.

Como funciona

Eles fazem acordos e parcerias diretas com operadoras e companhias de telefonia como Samsung, Telefônica, América Movil e Claro, o que permite que diversos aparelhos celulares já saiam da fábrica com o software da Digital Turbine instalado. Ou seja, ele é ativado assim que o cliente liga o celular pela primeira vez na hora de fazer o setup do aparelho e escolher o idioma e fuso horário.

Durante a configuração de um novo aparelho, é apresentado ao consumidor uma lista de aplicativos e esse é um ótimo momento para recomendar novos conteúdos para o cliente, pois ele está altamente ativo e motivado para personalizar seu novo aparelho. A empresa também fornece publicidade programática e serviços de distribuição de mídia direcionada e outros produtos e serviços profissionais diretamente relacionados à plataforma principal.

Seu software agora está presente em todas as principais operadoras dos Estados Unidos e a tendência de publicidade programática baseada em aplicativos teve um aumento significativo durante a pandemia. Atualmente, a Digital Turbine atende cerca de 250 clientes como Disney Plus, HBO e Amazon, mas o produto também é viável para pequenas startups.

“Nossa solução é feita para pequenas, médias e grandes empresas. Qualquer pequeno negócio que tenha uma verba mínima de marketing pode usar a nossa solução da mesma forma. Ela é feita para quem quer aumentar a distribuição e o número de downloads do seu app”, destaca Mike.

Além disso, a Digital Turbine oferece diversos benefícios exclusivos:

  • Escala: aproveite 5 vezes mais instalações diárias do que as disponíveis no Facebook;
  • Custo: a mídia no dispositivo custa muito menos por instalação em um período de 90 dias;
  • Livre de fraudes: a rede de publicidade garante instalações sem fraude e certificadas pela operadora.

A startup, que foi fundada em Austin, um dos principais ecossistemas de startups dos Estados Unidos, casa do SXSW, um dos mais importantes festivais de tecnologia e economia criativa do mundo, agora está de olho no mercado brasileiro, pois acredita no potencial inovador do País.

“O Brasil tem uma densidade muito alta de startups de sucesso com foco em aplicativos móveis e isso é um dos motivos que nos fez enxergar o país como a opção número um fora dos EUA para investirmos”. Ele cita o exemplo de alguns clientes no Brasil, como Mercado Livre, Rappi e iFood, que cresceram muito rápido e se tornaram grandes players. “Não vemos isso com frequência em nenhum outro lugar do mundo e o Brasil tem ganhado muito destaque por isso. Queremos ajudar muitas outras startups brasileiras a ganharem usuários e market share”, conclui Mike.

Quer saber mais como ser descoberto e como a Digital Turbine pode ajudar sua empresa a monetizar, ganhar engajamento e mais usuários, sem ter que comprar nenhuma mídia? Clique aqui.