Sempre em busca de novas formas de fomentar ainda mais o investimento no ecossistema de startups, a Bossa Nova Investimentos, micro venture capital que investe em startups em estágio pré-seed com atuação em todo território nacional, anunciou parceria inédita com o ex-nadador e medalhista olímpico, Thiago Pereira, o maratonista Ítalo Nogueira e um importante time de investidores para encontrar negócios promissores e escaláveis no setor de esportes e bem-estar.

Ao todo, o projeto pretende investir R$5 milhões em pelo menos 15 startups. ”A ideia de investir em startups surgiu em 2019 em uma conversa com João Kepler, Ítalo Nogueira e Thiago Oliveira. Falei para eles sobre a importância do esporte na minha vida e de muitas pessoas. É hora de olhar um pouco para esse setor. É um mercado que traz tantos valores. As pessoas hoje estão buscando mais qualidade de vida, cuidando mais da saúde e para ter mais longevidade e saúde”, disse Thiago.

Liderado por João Kepler, diretor da Bossa Nova Investimentos, Italo Nogueira e Thiago Pereira, o comitê de investidores conta ainda com a colaboração de Carol Paiffer, sócia-fundadora da ATOM e do Instituto Êxito; Pablo Marçal  mentor e estrategista digital para grandes players como Thiago Nigro, Paulo Vieira, Kaisser e autor de 11 livros motivacionais; Joel Jota, ex atleta da Seleção Brasileira de Natação; e Pablo Felipe Teixeira, jogador de futebol, ao lado de outros investidores.

“Desde a primeira conversa com meu amigo João Kepler já percebi a grande oportunidade que estava surgindo”, diz Italo Nogueira, que também é CEO da I2G Capital e atual presidente nacional da principal entidade representativa das empresas de tecnologia da informação do Brasil, a Federação Assespro. De acordo com ele, aplicações modernas e disruptivas para a área de esportes e bem estar não poderiam estar mais em alta. “O mercado de saúde e bem-estar movimentou cerca de US$3 trilhões o ano passado, além disso, por conta da pandemia, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a saúde. Startups que desenvolvam soluções que ajudem essas pessoas, empresas e governos têm tudo para crescer exponencialmente”.

O ecossistema de sportstechs e wellness tem crescido e chamado, cada vez mais, a atenção de investidores. Segundo um estudo da Markets and Markets, empresa especializada em pesquisas, o segmento com foco em esportes está em ascensão. São cerca de 4 mil empresas no mundo e, no Brasil mais de 400. De acordo com o levantamento, esse desenvolvimento é observado especialmente no mercado de E-Sports, termo utilizado para denominar o universo dos esportes eletrônicos. Somente em 2018, o setor contou com investimentos em venture capital que totalizaram aproximadamente US$ 2,5 bilhões.

Segundo João Kepler, esse nicho é cheio de novas oportunidades e fechar parceria com nomes tão importantes e emblemáticos para o esporte nacional como o Thiago e o Ítalo, com certeza é o melhor caminho para encontrar negócios inovadores e com grande potencial de evolução.

“Sempre que idealizamos um comitê de investimento temos o cuidado de trazer pessoas que contribuíram de forma positiva para o setor que pretendemos apostar, e ter um medalhista olímpico, um maratonista e empresário que já tem no currículo outros investimentos em startups, é uma chance de ouro. Juntos iremos liderar esse comitê e tenho certeza de que muitas ideias promissoras para o segmento de esporte e bem-estar irão surgir no cenário nacional”, conta o sócio da Bossa Nova Investimentos.

A primeira reunião do comitê deve acontecer em outubro e as startups interessadas podem se candidatar pelo site.