* Por Mônica Hauck

Ter uma equipe unida, engajada e comprometida é importante para que as empresas alcancem o sucesso. Para tanto, é importante que as suas áreas tenham sinergia, invistam em treinamentos e na formação dos seus profissionais. O RH possui participação fundamental neste processo. Mas, como a gestão de pessoas contribui para o seu crescimento? 

Por meio da tecnologia, eles conseguem analisar o comportamento dos colaboradores e levantar dados que podem ajudar a tornar os processos mais simples, rápidos e eficientes, alinhados com as estratégias internas, melhorando assim o engajamento de cada um deles.  

O agravamento da pandemia trouxe novos desafios, fazendo com que algumas adaptações fossem necessárias devido à nova realidade. Com o sistema home office, elas passaram a adotar métodos para melhorar o clima organizacional, reconhecer e atrair novos talentos e diminuir a taxa de turnover. Com isso, o uso de pesquisas de satisfação, aplicação de técnicas de recrutamento e seleção online foram essenciais para garantir o bom funcionamento das atividades.   

Segundo levantamento da Sólides feito com 2.064 empresas parceiras, no primeiro trimestre deste ano houve um aumento de 31% na aplicação de pesquisas de clima em comparação com o mesmo período de 2019. O estudo também mostra que os líderes empresariais começaram a desenvolver novos mapeamentos comportamentais, o que representou um aumento de 19% entre as corporações. 

A pesquisa reforça também o quanto os mecanismos tecnológicos contribuem para adequar a liderança e a forma como elas lidam com as cobranças diárias. Esses dados mostram que, no futuro, as instituições deverão ser cada vez mais estratégicas e menos operacionais e usarão como base o levantamento de dados internos. Assim, o profissional de RH vai conseguir analisar performance, apoiar os gestores, se aproximar cada vez mais dos colaboradores.  Nesse caso, a tecnologia aliada aos fatores humanos é a peça chave para melhorar o desempenho das organizações.

Pensando nisso, a transformação digital passou a fazer parte do dia a dia e hoje é uma grande aliada para alcançar importantes resultados: aumentar o engajamento dos times e a retenção de profissionais e manter o ritmo de crescimento.


Mônica Hauck é fundadora da Solides. Graduada e pós-graduada pela UFMG e FGV, com MBA em Gestão Empresarial e especialista em Inovação e Empreendedorismo pela Universidade de Stanford. A empreendedora desenvolveu a ferramenta Profiler e, como referência em Gestão Comportamental, atualmente ministra palestras e cursos por todo Brasil. Também é vencedora do Prêmio Mulheres Notáveis, na categoria Tecnologia.