O Facebook disse hoje que começará a substituir a ferramenta de mensagens do Instagram por uma versão de seu aplicativo Messenger, um grande primeiro passo para unir os recursos de mensagens de seus aplicativos.

Com esta atualização, o usuário poderá pesquisar contas nas duas plataformas e assim como antes, os resultados da pesquisa vão mostrar o nome de usuário ou nome de uma conta, além de informações básicas de perfil de todas as contas, tanto públicas quanto privadas. “Postagens de contas privadas continuarão visíveis apenas para amigos ou seguidores. Continuaremos a respeitar suas configurações de privacidade existentes e as contas privadas funcionarão da mesma forma que hoje”, disse Nate Cardozo, gerente de política de privacidade do Facebook, em comunicado no site da empresa.

A nota diz ainda que o Facebook não utiliza o conteúdo de mensagens entre pessoas no Messenger e Instagram para segmentação de anúncios, o que significa que os anunciantes não podem direcioná-lo com base no que o usuário diz nas mensagens. “Estamos sempre aprimorando nossos processos de monitoramento e verificação de como usamos os dados”, destacou. Os usuário do Messenger, assim como as pessoas novas no Instagram, terão automaticamente a nova experiência de mensagens, não precisando abrir uma conta no Facebook.

As novas configurações de privacidade permitirão que o usuário decida quem acessa sua lista de bate-papos, quem vai para sua pasta de solicitação de mensagem e quem não pode enviar mensagens ou ligar para ele. Por exemplo, alguém no Instagram pode escolher não receber mensagens de pessoas no Facebook. 

“Para manter as pessoas seguras, fornecemos uma variedade de ferramentas que ajudam você a entender o que está vendo e fornecem controles para responder aos problemas que possa encontrar. Avisos de segurança no Messenger ajudam a identificar e responder a atividades suspeitas. Esses avisos chegarão ao Instagram em breve e vamos distribuí-los primeiro para menores”, garantiu a gerente.

Se o internauta se sentir desconfortável em um chat, pode denunciar ou bloquear alguém, esteja no Messenger, Instagram ou se comunicando através de aplicativos. “Quando você relatar algo, nós o revisaremos e tomaremos medidas de acordo com nossos Padrões da comunidade. Quando você bloqueia uma conta, isso se aplica apenas à conta naquela plataforma e não bloqueia todas as contas que uma pessoa pode ter no Instagram ou Facebook. Se você adicionar suas contas do Instagram e do Facebook à Central de contas, verá sugestões de contas que pode querer bloquear com base nas contas que já bloqueou. Por exemplo, se você for contatado por uma conta que está impedida de entrar em contato com outra conta em sua Central de Contas, essa mensagem será automaticamente colocada em seu spam”, finalizou a nota.