A Zoom Video anunciou um serviço de assinatura de hardware, buscando tornar seu aplicativo de teleconferência mais acessível, permitindo que usuários escolham opções de assinatura para telefones e salas de reunião.

Os planos para o Zoom Phone custam entre US$ 5,99 e US$ 60 dólares, com base no dispositivo escolhido, enquanto o custo dos serviços de hardware para o Zoom Rooms varia de US$ 75 a US$ 200 por mês, de acordo com o site da empresa.

Para oferecer o serviço, ela fez parceria com fabricantes de hardware, como DTEN, Neat, Poly e Yealink, para os serviços de assinatura.

A plataforma de teleconferência, que teve alta de usuários com a pandemia de covid-19, que forçou milhões em todo o mundo a ficarem em casa, enfrentou reação negativa por questões de privacidade e segurança, levando-a a lançar atualizações.

O lançamento ocorre quase uma semana depois que a Zoom afirmou ter feito um progresso significativo em um relatório de transparência, que detalha as informações relacionadas às solicitações por dados, registros e conteúdo, acrescentando que o relatório será publicado ainda este ano.

Fonte: Agência Reuters