A Vale fez um comunicado nesta segunda-feira que chegou a um acordo não vinculativo para estabelecer uma nova empresa, chamada de NewVen, para fornecer soluções metálicas e siderúrgicas de baixo GEE (gases de efeito estufa) para a indústria siderúrgica com a Kobe Steel, empresa global no setor e com o conglomerado japonês Mitsui.

A mineradora brasileira ainda informou que o acordo estabelece os termos e condições preliminares para a criação de empresa, “com o objetivo de fornecer metálicos de baixo CO2 ao mercado global, fornecendo novas soluções tecnológicas aos nossos clientes”.

Segundo a Vale, um período de avaliação já foi iniciado para aprofundar a colaboração e estimar a demanda do mercado pelas várias soluções existentes e novas para a produção de aço antes de um acordo final para a criação da NewVen. No início do ano, a mineradora criou novas metas de sustentabilidade e governança para balizar a remuneração de seus executivos, em um movimento para reconquistar a confiança dos investidores.

“Nossas metas declaradas de emissões de escopo 1 e 2 para 2030 demonstram o compromisso da Vale com o Acordo de Paris, alinhado ao nosso pilar estratégico – Novo Pacto com a Sociedade – e o objetivo de melhorar nosso valor para a sociedade”, disse.

A produção de aço, parte do escopo 3 da Vale, embora essencial para a vida cotidiana das pessoas, gera emissões consideráveis de CO2. Sobre este assunto, a companhia informou que “está comprometida em contribuir com seus clientes siderúrgicos nesse desafio de reduzir a pegada de carbono” e que a NewVen “utilizará tecnologias de produção de ferro de baixo CO2 existentes e novas”, finalizou.