Pensando em como continuar fazendo parte da solução no cenário atual que o mundo está passando, contribuindo com a sociedade e com a economia, a P&G Brasil  lançou uma plataforma que busca apoiar projetos inovadores focados nas necessidades geradas pela pandemia de covid-19 no país.

As ideias recebidas serão avaliadas por uma comissão da companhia e das suas marcas, que poderão entrar no apoio do projeto. A aceleradora nasce nesse momento de pandemia e visando apoiar iniciativas nesse contexto, porém, tem a expectativa de, posteriormente, receber projetos em diversos segmentos.

“Enxergamos que temos capacidade para ser uma força ainda maior para o bem e cada vez mais queremos ser um agente efetivo na geração de soluções, unindo investimentos em ciência e serviço para devolver para a sociedade recursos que ajudem a melhorar situações críticas. Mas sabemos que sozinhos não conseguimos fazer tudo, por isso a Aceleradora P&G Social chega para impulsionar projetos pensados em minimizar os impactos da pandemia que encaramos, seja com investimentos ou conexões”, afirma Juliana Azevedo, presidente da P&G Brasil.

Iniciativas como o financiamento de Vick ao projeto Inspire, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, que incluiu a compra de um dispositivo que simula em laboratório o funcionamento de um pulmão humano, e o investimento de R$ 200 mil ao Laboratório de Investigação Médica da Fundação Faculdade de Medicina, da Universidade de São Paulo, por meio da marca Always, são alguns exemplos de projetos que a Aceleradora espera receber.

Como participar

A plataforma receberá as inscrições de consumidores, ONG’s, pequenas empresas ou profissionais de qualquer setor. Os principais critérios são a inovação da ideia, que ela esteja minimamente estrutura e que contribua para reduzir o impacto do cenário que estamos enfrentando em curto, médio ou longo prazo.

Os projetos selecionados poderão ser acelerados com aporte de verba, conhecimento e/ou conexões, unindo quem precisa de ajuda com quem quer ajudar. Além das próprias marcas da P&G, outras companhias e instituições podem se tornar parceiras, como a AMCHAM, que contribuirá com a curadoria e divulgação da Aceleradora P&G Social em sua rede, oferecendo conexão com as empresas associadas.