A Nice Actimize assinou contrato definitivo, sem revelar os valores da transação, para adquirir a Guardian Analytics, um dos principais fornecedores de soluções de gerenciamento de riscos de crimes financeiros baseados em cloud e Inteligência Artificial. Organizações de serviços financeiros de todos os tamanhos confiam nas sofisticadas análises comportamentais e de aprendizado de máquina em tempo real da Guardian Analytics.

Desenvolvido em cloud, o Guardian Analytics simplifica implantações e operações contínuas, o que otimiza a eficiência dos recursos operacionais. A combinação única dos recursos para detecção de fraude e lavagem de dinheiro da Nice Actimize e Guardian Analytics permitirá que empresas de todos os tamanhos acelerem a adoção das soluções mais inovadoras do setor para melhor proteger seus ativos e clientes.

A combinação oferece:

– Plataforma em nuvem mais completa: os melhores recursos de Anti-Money Laundering (AML) para evitar crimes financeiros e garantir conformidade.

– Recursos avançados de análise e aprendizado de máquina: com análises em tempo real e aprendizado de máquina, os recursos permitem maior precisão de detecção, menor número de falsos positivos e visão de 360 graus para maximizar a eficiência operacional.

Configuração rápida da nuvem: implantação rápida e fácil, com redução significativa de tempo e de custo com modelos AML.

Essa combinação ampliará a oferta da Nice Actimize em todo o setor de serviços financeiros e permitirá que empresas de todos os tamanhos, de bancos pequenos e médios a instituições financeiras globais, se beneficiem das soluções de conformidade e de prevenção a crimes financeiros.

“Hoje, a Nice Actimize está dando um passo significativo no futuro do gerenciamento de riscos de crimes financeiros”, diz Craig Costigan, CEO do Nice Actimize. “Precisamos garantir que as instituições financeiras e os consumidores estejam protegidos de maneira econômica e intuitiva. A aquisição da Guardian Analytics reúne a combinação única de experiência comprovada, a melhor inovação do setor e o poder da nuvem, apresentando uma grande oportunidade para crescimento acelerado. Estou empolgado por embarcar nessa jornada no avanço da luta do setor contra crimes financeiros”.

A aquisição está prevista para ser concluída no final do quarto trimestre de 2020.