* Por Caio Nogueira

Será que o e-mail marketing ainda é eficaz? Como proprietário de uma empresa, você pode estar se fazendo a mesma pergunta.

Você já deve ter visto diversas estatísticas e estudos de casos que apontaram o enorme crescimento que as empresas podem ter com e-mail marketing, mas você ainda possui dúvidas se é realmente tudo isso que dizem. No momento de investir em qualquer tipo de estratégia de marketing é comum cometer erros.

Afinal de contas, é com os erros que você aprende o que precisa melhorar para atingir o resultado que espera. No entanto, é importante ter muita atenção porque alguns erros podem ser cruciais para você conquistar ou perder clientes. Para te ajudar a evitar cometer esses erros, separamos algumas dicas sobre Growth Hacking para e-mail marketing. Elas vão te ajudar a conseguir taxas de abertura, de cliques e de conversões maiores.

Neste artigo entrevistamos Marco Guimarães, growth hacker da MkArt, uma empresa especializada em backlinks de alta autoridade.

Continua a leitura para conferir! Você não vai se arrepender!

Dicas imperdíveis de Growth Hacking para e-mail marketing

Antes de conferir as dicas que separamos, é importante que você entenda porque precisamos de Growth Hacking.

Na maioria das vezes, startups e pequenas empresas usam essa estratégia, que foi projetada para quem precisa crescer significativamente porém não possui um orçamento grande ou muito tempo para investir. Confira a seguir algumas dicas que separamos para você ter sucesso com Growth Hacking para e-mail marketing:

Use a automação de e-mail

Como proprietário de uma pequena empresa, você deve realizar muitas tarefas. Provavelmente, você está tentando ter uma equipe completa, mas ainda não conseguiu. É por isso que utilizar ferramentas de automação de e-mail marketing, como a leadlovers, pode ser um trunfo para o seu negócio em crescimento.

Este é um truque que certamente vai te trazer grandes resultados. Embora você tenha que gastar dinheiro com um software para e-mail marketing, isso será um investimento que irá te proporcionar uma grande economia de tempo.

Através da integração automatizada do cliente, você poderá nutrir seu relacionamento com os clientes. A automação também poderá te ajudar a personalizar seus e-mails, criar modelos para mensagens personalizadas e enviar e-mails sempre que com uma determinada frequência.

Corte o “peso morto”

Temos certeza de que você está preocupado em criar uma lista de e-mails tão grande quanto possível, portanto, o pensamento de cortar leads da sua lista será surpreendente para você. Por esse motivo, queremos te fazer uma pergunta. Você prefere ter 2 mil pessoas em sua lista de e-mail com apenas 500 delas engajadas ou 700 pessoas em sua lista de e-mail e todas envolvidas?

Um grande número de contatos não garante nada. Isso não significa que todos os assinantes irão abrir os seus e-mails. Definitivamente, não promete que o leitor faça algo com o e-mail, como interagir com o conteúdo ou clicar em links.

É muito mais eficaz reduzir o “peso morto”. Sua lista pode ser menor, mas você poderá garantir que as pessoas que recebem seus e-mails desejam recebê-los. Isso aumenta a probabilidade de que a taxa de abertura seja maior. Vale deixar claro que talvez isso não aconteça com todos os seus e-mails, mas será com a maioria deles.

Use as mídias sociais

A mídia social se integra tão bem ao e-mail, desde que você saiba como fazer corretamente. Por exemplo, se você tem um sólido número de seguidores nas mídias sociais, pode utilizá-las para conseguir mais assinantes de e-mail.

Como? Você pode atrair seu público oferecendo descontos ou brindes nas mídias sociais das quais apenas seus assinantes de e-mail podem ter tirar proveito. Você pode compartilhar alguns dos seus e-mails com esses benefícios nas redes sociais (Instagram, Facebook, etc.) para mostrar as pessoas o que elas estão perdendo por não estarem inscritas em sua lista de e-mails.

Você também pode fazer o contrário. Talvez você tenha uma lista muito forte de assinantes de e-mail, mas suas contas de mídia social estão com uma quantidade de seguidores muito baixa. No final dos e-mails, você pode colocar uma solicitação para que o leitor siga as suas mídias sociais.

Reserve um tempo para a sua linha de assunto

Um assunto bem elaborado é essencial para que um e-mail seja aberto e temos certeza de que você já sabe o quão importante é esse detalhe. A linha de assunto é a primeira chance de causar uma impressão no leitor.

A personalização pode ser eficaz, como os emojis em alguns casos. Tudo irá depender do seu tipo de empresa e do seu público-alvo. Aqui estão alguns elementos de ótimas ideias de assunto:

– Estatísticas interessantes (pode usar números);

– Fatos pouco conhecidos;

– Piadas e trocadilhos (caso seja apropriado);

– Baseado em anúncio;

– Baseado em lista;

– Chamada para ação (“inscreva-se”, “junte-se a nós”, etc.);

– Foco em prazo (“só hoje”, “durante 24 horas”, etc.);

– Baseado em perguntas;

– Curto, mas cordial.

Foque em otimização para celular

De acordo com o Email monday, 58% das pessoas começa o dia examinando as caixas de entrada de seus e-mails. Mesmo assim, antes de tomar o seu café diário, a maioria das pessoas notava um e-mail mal formatado que não é otimizado para dispositivos móveis.

Com mais da metade das pessoas acessando seus e-mails em seus smartphones ou tablets, se suas mensagens não forem otimizadas para dispositivos móveis, você precisa mudar isso imediatamente. Aqui está uma ferramenta que te ajuda a saber se você já está ou não fazendo otimização.

Dito isso, saiba que, certamente, mais de 50% das pessoas hoje leem seus e-mails em um dispositivo móvel. E os outros 50%? Eles ainda verificam os e-mails e seus site em seus computadores. Logo, você também deve investir em otimização de sites.

Dê a eles algo de graça ou com desconto

Brindes são positivamente irresistíveis. Afinal, é difícil recusar coisas grátis, e poucas pessoas vão querer fazer isso. Um cupom ou desconto pode ser suficiente para levar um cliente em potencial relutante a fazer o check-out. Basta olhar para este exemplo: Bolo barato? Inscreva-se!

Mesmo que você não tenha algo tão tentador quanto um bolo para vender, ainda poderá atrair leads com desconto. Você só precisa garantir que o item que você está oferecendo é direcionado para o seu público-alvo, ou seja, é algo que as pessoas realmente desejam.

Conte uma história

Uma coisa é fato, os seus potenciais clientes estão sempre ocupados. Se eles abrirem seu e-mail, o que os incentivará a lê-lo até o final? Você nem sempre poderá oferecer itens de graça ou códigos de desconto para que o leitor realize uma compra.

Com a maioria das pessoas gastando cerca de 20 segundos em seu e-mail, você precisa conectar seus leitores rapidamente e uma das melhores maneiras de fazer isso é através de histórias.

A elaboração de uma história com o seu romancista favorito pode despertar a atenção dos leitores. Mesmo que seu conteúdo seja um pouco mais seco, incrementar a narrativa fará com que sua mensagem seja eficaz.

Você também pode contar uma história de sucesso. Essa história pode ser como a empresa foi criada, ou como você conseguiu se tornar um CEO.

Revise

Nos negócios, sua reputação é tudo. Logo, uma maneira de prejudicar sua reputação é cometer erros gramaticais e de ortografia. De acordo com um estudo feito na North Carolina State University, quando uma equipe de psicólogos mostrou aos estudantes universitários e-mails com erros de digitação, os resultados não foram bons.

Os alunos “perceberam que o escritor era menos consciente, inteligente e confiável quando a mensagem continha muitos erros gramaticais, em comparação com a mesma mensagem sem erros”.

Se você ou outra pessoa da sua equipe revisa seus e-mails antes que eles sejam disparados, é possível encontrar a maioria dos erros. Além disso, também existem inúmeros verificadores gramaticais e ortográficos online, sendo a maioria deles gratuita.

Não se esqueça da assinatura de e-mail

Em todos os seus esforços de e-mail marketing, você parou para pensar no poder que a sua assinatura de e-mail possui?

Ao incluir links para seu site, você pode gerar tráfego gratuito. Adicionar seu número de telefone ou outras informações de contato pode atrair clientes. A inclusão de botões das redes sociais pode aumentar a contagem de seguidores em seus perfis.

O melhor de tudo é que uma assinatura de e-mail requer pouco esforço de sua parte, pois uma vez criada, você poderá utilizá-las em todos os e-mails.

Confie na prova social

Como você converte seus leads em clientes? Você os incentiva com provas sociais, é claro. Se você incluir menções na imprensa, análises de produtos, prêmios, números de uso do seu produto ou depoimentos, todos eles servirão para uma grande compra.

Eles mostram que você é uma empresa valiosa com produtos ou serviços que valem a pena serem comprados.

Teste, teste e teste seus e-mails

Você sabe o que mais realmente desliga qualquer audiência? Um e-mail que não é eficiente. Talvez seja um link morto. Talvez o seu vídeo tenha uma má qualidade. Independentemente disso, contratempo como esses podem custar muito a você: seus assinantes.

É por isso que, além de sempre revisar seus e-mails, você precisa testá-los antes de enviá-los. A automação facilita sua vida como proprietário de uma empresa pequena, porque faz muito trabalho para você. No entanto, você não pode confiar demais nele, afinal estamos falando do seu negócio.

Continue aperfeiçoando o processo

Esta não é uma dica que você vai usar imediatamente, mas achamos que é importante que você saiba para utilizá-la depois. Sua estratégia de e-mail marketing de sempre estar melhorando e evoluindo.

Com um fluxo saudável de leads em seu caminho, você nunca pode ficar relaxado em seus métodos. Você pode adicionar vídeos no seu e-mail e descobrir que isso funciona muito para você. Você pode alterar sua frequência de e-mail. Depois que sua empresa estiver posicionada, você poderá contratar um redator para a criação dos e-mails ou um designer gráfico para aprimorá-los ainda mais.

Conclusão sobre Growth Hacking para e-mail marketing

Se o seu e-mail marketing estiver um pouco ausente, qualquer uma das dicas que demos acima sobre Growth Hacking para e-mail deverá te ajudar a mudar isso.

Sabemos que você tem muito que administrar em sua empresa, mas vale a pena dedicar um tempo para melhorar seu e-mail marketing. Você verá mais crescimento e, portanto, mais vendas.


caio nogueiraCaio Nogueira é cofundador da UpSites, uma agência de criação de sites, apaixonado por novas tecnologias e pelo desafio de criar soluções na internet que conectem pessoas e objetivos.