Pacientes e profissionais da área médica interessados em se aprofundar em questões relacionadas à cannabis para uso medicinal contam com uma centro de excelência totalmente dedicado ao tema a partir de hoje. O Centro de Excelência Canabinóide (CEC), acelerado pela The Green Hub, terá sua estrutura clínica sediada em São Paulo e pretende tornar-se referência global ao proporcionar bem-estar e qualidade de vida das pessoas, além de capacitar profissionais de saúde e contribuir para o desenvolvimento científico.

A clínica apresenta um modelo completo de assistência médica ao paciente, desde agendamento, triagem e consulta até acompanhamento do tratamento e oferta de programas de apoio. Dentro da proposta de atendimento humanizado, os pacientes contarão com um SAC Digital 24 horas e plantão para tirar dúvidas em tempo integral. A telemedicina também é uma opção para os atendimentos. “O Centro de Excelência Canabinóide tem como foco a medicina personalizada centrada no sistema endocanabinoide que responde de maneira única para cada indivíduo. Além do tratamento com os fitocanabiniodes também trabalhamos de maneira preventiva cuidando de aspectos emocionais e nutricionais que podem acarretar em doenças graves”, ressalta Marcel Grecco, CSO do CEC.

Além da clínica, o CEC Medical, a operação do Centro engloba mais três vertentes. Na divisão CEC Learn serão disponibilizados conteúdos sobre o uso da cannabis para fins medicinais. Já o CEC Academy tem como proposta se tornar um marketplace educacional especializado em cannabis para uso medicinal, com conteúdo relevante, do Brasil e do mundo, além de cursos voltados a médicos e profissionais da saúde. O outro braço, denominado CEC Science, será um canal científico com curadoria de estudos e fomento de pesquisas sobre o uso medicinal da cannabis.

“O CEC surge em um momento importante para o uso medicinal da cannabis no Brasil. Recentemente, a Anvisa liberou a pacientes o uso de produtos com THC e/ou canabidiol. E, no final do mês passado, tivemos o primeiro produto à base de cannabis com autorização sanitária no País. Embora tenhamos um horizonte promissor, esse segmento da medicina ainda dá os primeiros passos por aqui. Por conta disso, o Centro pode ter papel importante no desenvolvimento de todas as atividades relacionadas à cannabis medicinal, incluindo as aplicações clínicas, capacitação dos médicos e planejamento de projetos científicos, bem como a conscientização da sociedade sobre os benefícios desse método”, enfatiza Marcelo Sarro, CEO do CEC.

À frente da clínica está o médico Pedro Pierro, neurocirurgião funcional com especialização em cannabis medicinal. Ele tem formação em medicina e residência em neurocirurgia. Dedicou-se ao método canabidiol, sendo um dos primeiros médicos a prescrever no Brasil. Sua formação expandiu suas especializações nas terapias cirúrgicas para dor, tratamento de movimentos e cirurgias para distúrbios psiquiátricos, com abordagem centrada na cannabis para uso medicinal. Ele é membro da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Sociedade Brasileira para Estudo da Dor (SBED) e Sociedade Inter-Americana de Cirurgia de Coluna Minimamente Invasiva.

Para Pierro, o lançamento do Centro constitui um marco inicial de evolução do método da cannabis medicinal no Brasil. “Temos muito a avançar para criação de um ambiente mais favorável à prática, tanto do ponto de vista de qualificação dos profissionais da saúde quanto pela oportunidade de criarmos um polo científico para o desenvolvimento de estudos e pesquisas, trazendo ganhos significativos para a sociedade como um todo”, conclui Pedro Pierro, diretor técnico do CEC.