Startup oferece serviço especial de desinfecção de ambientes com foco no coronavírus

Com os avanços dos casos de Covid-19 no mundo, medidas como lavar as mãos e utilizar álcool em gel se tornaram fundamentais no combate à doença. Ainda assim, existem muitas dúvidas sobre a melhor maneira de higienizar o ambiente, principalmente aqueles em que possuem grande fluxo de pessoas ou que receberam doentes.

Pensando nesse cenário, a TempoTem, startup brasileira que oferece soluções rápidas e inovadoras, com o propósito de transformar a relação das pessoas com a prestação de serviços, desenvolveu um produto especial de desinfecção de ambientes para ajudar a conter a transmissão do coronavírus.

O serviço é realizado por meio da nebulização ou atomização de produtos específicos recomendados pela Organização Mundial da Saúde para combater o novo vírus, amônia quaternário e soluções de hipoclorito.

A aplicação é feita em todo o ambiente, com foco em locais mais propensos a disseminação, como, por exemplo, maçanetas ou interruptores. Bianca Amaral, diretora da startup, explica que devido aos produtos aplicados, o tempo de permanência do vírus ativo cai de três dias para 30 segundos, dependendo da superfície.

“O serviço foi pensado para reduzir consideravelmente o potencial de transmissibilidade da Covid-19 em ambientes que possuem pacientes já curados, como casas e áreas comuns de prédios ou até mesmo comércios essenciais, como farmácias e mercados”, conta.

O procedimento, que pode ser agendado direto pelo site, demora cerca de 1h30 para locais com até 300m². Durante e após a aplicação, adultos, crianças e animais devem permanecer fora do ambiente, podendo retornar apenas três horas após a realização do serviço. Seguindo essa recomendação, o serviço não gera nenhum risco à saúde. O produto realiza a desinfecção dos ambientes, mas não possui ação prolongada ou preventiva, ou seja, deve ser feita uma nova aplicação caso a superfície seja contaminada novamente.

“Ficar em casa é a maior recomendação e forma de contenção da doença. Mas ainda há diversos profissionais que estão na linha de frente para lidar com a situação. Ajudar na desinfecção desses ambientes é um caminho que encontramos para proteger outros indivíduos”, finaliza Bianca Amaral.


O Startupi vem acompanhando de perto e publicando matérias e entrevistas com informações úteis para o ecossistema de startups neste momento de crise. Quer saber mais? Clique aqui.

Mais tradicional portal de mídia brasileiro sobre o mercado de Startups, Inovação, Investimentos, Empreendedorismo e Tecnologia. Desde 2008 vem colaborando para a construção do ecossistema brasileiro de Startups, informando e educando todo o mercado. Quer falar com a gente? Clique aqui e envie uma mensagem para redação, parceria ou comercial. Mantenha-se atualizado sobre as novidades do Startupi pelas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin.

Matérias Relacionadas

No comments yet. You should be kind and add one!

Our apologies, you must be logged in to post a comment.