Como uma resposta adicional a crise gerada pela covid-19 e buscando novas opções que favoreçam a comunidade de restaurantes, clientes e entregadores, a Rappi está experimentando a entrega de pedidos por meio de robôs da KiwiBot, empresa colombiana baseada nos Estados Unidos, desde semana passada. Este é um projeto piloto, que está sendo realizado em Medellín, com objetivo de evitar o contato entre pessoas durante as entregas.

Os robôs, que são operados de maneira conjunta pela Rappi e KiwiBot, têm a capacidade de 35cmX35cmX35cm e levam exclusivamente pedidos de restaurantes com pagamentos por meios digitais. Eles são desinfetados antes e depois de cada uma das entregas e contam, além disso, com toda tecnologia para funcionar de maneira segura dentro da dinâmica das cidades. A alocação de uma entrega ao Kiwibot é feita pelo sistema da Rappi de forma aleatória e, assim que isso acontece, a empresa imediatamente avisa o cliente, que pode escolher se deseja ou não receber a entrega por meio de um robô.

Lado a lado com a tecnologia, a Rappi trabalha com especialistas para inovar constantemente no serviço que oferece aos usuários. Na área de El Poblado, onde estão sendo realizados os testes, a Rappi está fazendo cerca de 120 entregas por dia com 15 robôs, o que mostra o potencial deste novo serviço, especialmente em uma situação como a atual. Vale ressaltar que 30 restaurantes conseguiram manter sua operação, pagar seus funcionários e continuar atuando graças à Rappi e esse tipo de solução.

“Pensar que as entregas com robôs, uma ideia que há alguns anos parecia distante, agora é uma realidade no nosso país, nos orgulha imensamente. Seguiremos trabalhando com novas tecnologias e inovando, pois na Rappi temos a convicção de que junto com a tecnologia conseguiremos continuar contribuindo para tornar a vida das pessoas mais fácil, de maneira segura, especialmente em situações com a que estamos vivendo hoje”, comenta Matías Laks, presidente da Rappi Colômbia.

Adicionalmente, Felipe Chávez, CEO de KiwiBot, comenta que “a realidade que enfrentamos nos faz pensar em novas possibilidades. Na KiwiBot, nos alegra poder trabalhar com a Rappi para oferecer a eles nossa experiência e assim alcançar um maior número de pessoas com um serviço que contribui para cidades, estabelecimentos comerciais e usuários”.

O projeto piloto está programado para acontecer até 8 de julho e espera-se, no futuro e de acordo com os resultados, implementar esse serviço de entrega em outras cidades em que a Rappi atua.