A RecargaPay, fintech de pagamentos digitais, passou a aceitar pagamentos via cartão de débito da Caixa Econômica Federal com bandeira Elo, que pode ser emitido por qualquer cliente do banco por meio do aplicativo da instituição bancária. A fintech disponibilizou a opção como forma de apoiar milhões de pessoas e, em especial, aquelas que estão recebendo o auxílio emergencial do Governo Federal. O novo método de pagamento está disponível para qualquer serviço da plataforma.

Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, 40% das pessoas cadastradas no programa de auxílio emergencial não possuem conta em banco. O cartão será o meio oficial em que parte dos beneficiários do auxílio emergencial do Governo Federal receberão o valor.

A solução da RecargaPay, então, surgiu como forma de diminuir os impactos causados pelo coronavírus e de oferecer mais um benefício aos usuários do aplicativo. Segundo a empresa, desde seu surgimento, a fintech tem como missão democratizar pagamentos via celular e a nova funcionalidade apoia este objetivo.

“Somos os pioneiros entre as fintechs a disponibilizar essa opção de pagamento, que é uma das formas que encontramos de apoiar a população. Mesmo em quarentena, as contas continuam a chegar e o cartão de débito é mais uma praticidade que oferecemos aos nossos usuários,” reforça Renato Camargo, CMO da RecargaPay. Para adicionar o método de pagamento, basta ir ao seu perfil na plataforma, clicar em “Cartões salvos”, “Adicionar novo cartão” e incluir os dados do cartão virtual da Caixa com bandeira Elo.

Por meio da RecargaPay é possível pagar qualquer conta, recarregar o celular ou até mesmo transferir dinheiro entre usuários, em muitos casos com cashback (dinheiro de volta). O aplicativo da RecargaPay está disponível para Android e iOS.