A Caravela Capital, fundo de venture capital com foco em empresas tecnológicas early stage, desenvolveu uma mentoria gratuita com foco em gestão de caixa para ajudar startups brasileiras a enfrentarem a crise. Serão 12 startups que serão selecionadas com base nos desafios que estão passando neste momento.

A Caravela Capital acredita que o smart money deve fazer parte da estratégia de crescimento de qualquer empresa. “Nós acreditamos que apenas o aporte financeiro não é suficiente”, explica Mário Delara, cofundador da Caravela Capital. “No dia a dia, o empreendedor precisa tomar decisões relacionadas à gestão que são tão importantes quanto saber onde aplicar o dinheiro, e uma decisão errada pode colocar em risco todo o desenvolvimento da empresa”.

As mentorias serão feitas individualmente para cada empresa através do Google Hangout com um dos parceiros da Caravela, com duração de uma hora na data e horário combinados após a seleção. O intuito é solucionar dúvidas específicas sobre a gestão do negócio, esclarecendo, por exemplo, como organizar a entrada e saída de dinheiro para que a empresa continue saudável e registrando crescimento. O processo é aberto para qualquer startup que já esteja faturando e que esteja enfrentando dificuldades durante a crise.

“Uma das primeiras frentes que passa por problemas durante qualquer crise é a organização do caixa. E é justamente nesses momentos que as contas devem estar alinhadas para evitar problemas futuros”, afirma Lucas de Lima, cofundador da venture. “Vamos levar em conta os principais desafios que a startup está enfrentando por conta do coronavírus, oferecendo as melhores estratégias para solucionar esses problemas. Essa é nossa forma de retribuir para a sociedade, ajudando a comunidade empreendedora a enfrentar essa fase da melhor maneira possível”, diz.

As startups interessadas em participar das mentorias devem realizar as incrições até o dia 13 de maio no site .