Um dos objetivos de muitas empresas é levar suas soluções e produtos para outros países. Isso, no entanto, pode ser, também, um grande desafio. Ao notar a dificuldade que muitos empreendedores tinham ao buscar internacionalizar seus negócios, Diego Sampaio e Eva Palatinsky criaram a Company Combo, uma startup americana que ajuda e dá suporte para empresas atuarem internacionalmente, utilizando os Estados Unidos como base.

A empresa executa toda operação para pequenos empreendedores tornarem seus produtos mais competitivos em âmbito internacional. “Em 2012, nós olhamos para esse mercado e vimos que tinha uma oportunidade muito boa, começamos a estudar este setor e iniciamos a operação em 2015. Muitos pensam que abrir uma empresa nos Estados Unidos é algo muito distante, por isso, oferecemos desde a abertura, passando pela parte contábil e fiscal, estrutura de Warehouse até o apoio e orientação em relação ao dia a dia dessas organizações, marketplaces, e-commerces, parceiros, etc”, explica Sampaio, CEO da Company Combo.

Em outras palavras, a startup permite com que empresários façam negócios com o mundo todo, de onde quer que estejam. Segundo o empreendedor, a empresa dispõe de um galpão próprio com mais de 1,000 m² em Orlando, na Flórida, e recebe os produtos de clientes que estão fazendo vendas no mercado local americano, bem como para outros países. Do local, eles realizam todo o trâmite de duas formas, de transporte até os compradores ou ao sistema de logística da Amazon, o Fulfillment by Amazon (FBA). No espaço, há uma grande variedade de produtos fabricados por empresas de outros países, incluindo o Brasil, como móveis, artigos religiosos, peças de vestuário, artigos de sexshop, entre outros.

Do local, eles realizam todo o trâmite de duas formas, de transporte até os compradores ou ao sistema de logística da Amazon, o Fulfillment by Amazon (FBA). No espaço, há uma grande variedade de produtos fabricados por empresas de outros países, incluindo o Brasil, como móveis, artigos religiosos, peças de vestuário, artigos de sexshop, entre outros.  

“Para os pequenos empresários, globalizar é um sonho e, ao mesmo tempo, um desafio. Muitos não encontram tempo hábil e disposição para lidar com toda a logística e legislação americana. Por isso, buscamos, de maneira tecnológica, ajudá-los a se tornarem globais. Disponibilizamos nosso serviço completo para que estes profissionais utilizem nossas ferramentas e inteligência para colocar seus produtos de forma mais eficiente em território internacional”, explica o empreendedor.

Para orientar seus clientes, a empresa oferece um canal educativo, que tem o intuito de gerar valor ao cliente durante o processo de avaliação, decisão e execução da globalização de sua empresa. Além disso, a Company Combo oferece atendimento em três idiomas: português, inglês e espanhol.

A startup já atendeu mais de 1300 clientes e abriu mais de 600 empresas, principalmente nos estados da Flórida, Delaware e Califórnia. Hoje, a Company Combo está presente em mais de 21 países, com expectativas de expandir as operações logísticas dentro dos EUA e reforçar sua presença na Europa. “Nosso objetivo é ampliar a nossa base de atendimento e abrir cada vez mais mercados para as empresas se tornarem globais. Hoje somos referência no Brasil e América Latina para pequenos e médios empresários da área de varejo, e-commerce e tecnologia que buscam internacionalizar seu negócio”, finaliza Sampaio.