A Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo) abriu inscrições para um curso online e gratuito sobre Digitalização voltado para mulheres em busca do primeiro emprego ou de uma recolocação profissional, o Women Going Digital. O objetivo é incentivar a atuação das mulheres e melhorar a empregabilidade feminina em áreas tecnológicas por meio do ensino de conceitos e tecnologias da Era Digital.

“A Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo abraçou a missão de promover a transformação digital. Ao mesmo tempo, também queremos promover a igualdade de gêneros, por meio da conexão entre esses dois temas. Afinal, não temos como falar de empregabilidade sem falar de transformação digital”, explica Bruno Vath Zarpellon, diretor de Inovação e Tecnologia da instituição.

O evento de lançamento da iniciativa, realizado no espaço onono da BASF, contou com a presença de parceiros do projeto e, especialmente, profissionais da área. Cristiane Rauen, coordenadora-geral de Educação Profissional e Tecnológica à distância e Tecnologias Educacionais do Ministério da Educação (MEC) apresentou uma estatística que ressalta a baixa aderência da população brasileira aos cursos de formação profissional. “Atualmente, o Brasil apresenta apenas 8% de matrículas na Modalidade EPT (Educação Profissional e Tecnológica). Ainda existe no senso comum um quadro de desprestigio para essa modalidade de formação, em detrimento dos cursos de bacharelado”.

Marc Bovenschulte, diretor do Instituto de Inovação e Tecnologia (iit), chegou ao Brasil diretamente da Alemanha para participar do momento de lançamento da iniciativa e lembrou a importância de ações como Women Going Digital: “estratégias como essa servem não somente para encorajar e empoderar jovens mulheres, mas também para criar perspectivas para mulheres que já estão no mercado de trabalho”.

O encerramento do evento contou com um painel de discussão integrado por executivas de empresas associadas à AHK de São Paulo que discutiram as oportunidades para mulheres em áreas de Tecnologia. Sylmara Requena, head de Recursos Humanos da Siemens; Carolina Borges, vice-presidente de Ecosystemas e Channels da SAP Brasil; e Fernanda Rodrigues, diretoria de Recursos Humanos do GFT falaram sobre os desafios enfrentados por mulheres tanto para alcançarem posições mais altas nas empresas, quanto para mantê-las.

 “No universo da transformação digital, o campo de atuação para as mulheres é enorme. O conteúdo que o programa Woman Going Digital entregará será útil para abrir a visão das participantes e auxiliá-las a se comunicar usando essas novas tecnologias”, concluiu Borges.

Para saber e realizar a sua inscrição, clique aqui.