Todo mundo sabe que o custo para se alimentar fora de casa, todos os dias, pesa bastante no orçamento mensal. Dependendo da região, o gasto de um almoço não sai por menos de R$30. Sem contar as despesas com o happy hour semanal e os diversos aniversários de amigos, em bares e baladas. Uma noitada com os amigos, contando estacionamento ou a despesa com aplicativos, mais a entrada e a consumação do estabelecimento, pode gerar uma conta entre R$150 e R$200.

Pensando em um forma de ajudar os clientes, Felipe Ribeiro, formado em Engenharia de Produção pela FAAP e especializado em finanças e eficiência empresarial pela FIA-USP, enxergou uma oportunidade de negócio e criou o Barpass.

Baixando o aplicativo e pagando uma assinatura de R$14,90 por mês, (sendo que o primeiro mês é gratuito), você pode participar de uma rede de descontos em diversos estabelecimentos como restaurantes, bares, cafés, hamburguerias, baladas e afins, que estiverem cadastrados no aplicativo. Para os universitários, vinculados a diretorias e atléticos, o valor é de R$ 9,90 por mês (com 3 meses grátis).

“Eu trabalhava num grande grupo em São Paulo e, um dia almoçando com um colega de trabalho, numa brincadeira, tive essa ideia. Sempre gostei muito de sair para comer e ir a happy hours, mas o custo com isso sempre era um incômodo. Acredito que essa seja a realidade de muitos, por isso o Barpass surgiu como uma forma de reduzir esse custo para os associados e, ao mesmo tempo, ajudar na divulgação, redução da ociosidade e aumento da qualidade nos estabelecimentos parceiros”, comenta o empreendedor.

O app garante para seu associado um desconto no final da conta, de no mínimo 10%. Segundo Felipe, nenhum outro aplicativo ou empresa faz isso hoje, via de regra quando essas empresas garantem descontos, dificilmente é no valor final da conta, ou seja, independentemente do que você consumiu. “Nossa ideia é que o cliente valorize os estabelecimentos que estão dispostos a valorizá-los. O desconto tem que ser do estabelecimento para o seu cliente e não meramente um oportunismo de venda. O Barpass não tira nenhum ganho dessa relação direta entre estabelecimento e cliente”, destaca.

Operando em São Paulo, eles já possuem cerca de 150 estabelecimentos cadastrados no app, entre eles: Braungarten, Bar Aurora, Cha Cha Restaurante, O’Malley’s, Johnny’s Taste Burger, Parrilla São José e Rei das Batidas. E em 2020 pretendem expandir ainda mais a atuação.

Com apenas três meses de operação, Felipe já participou de uma aceleração de três dias em um programa chamado Quem Quer Ser um Unicórnio – QQSU. Inclusive, foi neste programa que ele conheceu o investidor que o ajudou a tirar a ideia do papel. Além disso, eles ficam alocados no hub de Empreendedorismo da FAAP, onde tem o privilégio de contar com diversos mentores que os auxiliam o tempo todo.

Para esse período de férias até após o carnaval o aplicativo esta liberado gratuitamente para os associados, utilizando apenas os descontos nos estabelecimentos sem pagar a taxa mensal a partir do segundo mês.