Com a nova regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para importar, fabricar e autorizar a venda em farmácia de produtos de Cannabis, a Ease Labs, multinacional que atua nesse segmento, acaba de adquirir um laboratório farmacêutico em Belo Horizonte, para iniciar a fabricação dos seus produtos no Brasil, atualmente disponíveis por importação direta pelo paciente final mediante autorização de importação da Anvisa.

A expectativa de início das atividades produtivas do laboratório, é no primeiro semestre de 2020, quando passar a vigorar a regulamentação da agência.

“A aquisição do laboratório, que foi um dos pioneiros em medicamentos fitoterápicos no Brasil possuindo mais de 50 anos de história, é um importante passo para operação da Ease Labs no Brasil. Estamos investindo intensamente em adequações, melhorias e novas linhas de produção, conforme as exigências da Anvisa. O laboratório tem 1450 m² de área produtiva, completo setor de controle de qualidade e controle microbiológico, capacidade de produzir 3,6 mil medicamentos por hora – o que garantirá capacidade de suprir toda a demanda pelos produtos no Brasil -, bem como a gestão e a garantia da qualidade em todo o processo. Nosso objetivo é garantir, acima de tudo, segurança e eficácia, de ponta a ponta, em nossas linhas de produção.” Explica Gustavo de Lima Palhares, CEO da Ease Labs.

O executivo adianta que inicialmente, 40 novos empregos poderão ser gerados com a operação do laboratório, mas que esse número ainda pode triplicar em 2021. Além disso: ”Contratamos diretor experiente em Regulatório e Compliance, visando certificar que a regulamentação da vigilância e demais órgãos reguladores sejam cumpridas à risca. Queremos sempre seguir todas as instruções e normas aplicáveis, agindo com excelência na produção dos nossos produtos.”

Com a operação no laboratório, a Ease Labs estima faturar R$ 190 milhões em 2021. Além dos produtos de CBD e THC, a empresa tem no seu portfólio outros produtos  não relacionados com produtos de cannabis, como fitoterápicos tradicionais, medicamentos fitoterápicos da biodiversidade brasileira e outros produtos inovadores de origem natural.

Os produtos à base de canabidiol serão vendidos em farmácias sob prescrição médica e retenção da receita. “Com a decisão da Agência, os pacientes poderão ter acesso à essa possibilidade terapêutica com garantia de qualidade, eficácia e segurança, por um preço muito mais acessível e sem toda a burocracia do procedimento atual”, analisa Gustavo.

A Ease Labs tem escritórios em São Paulo, Belo Horizonte, Montevidéu (Uruguai) e parceria com um grande laboratório produtor de insumos farmacêutico nos Estados Unidos.