A The Green Hub, aceleradora de startups com foco específico em cannabis, atenta à novas oportunidades na economia devido a evolução da liberação da venda de medicamentos à base de Cannabis no Brasil, realiza eventos com a finalidade de ajudar organizações e indivíduos a desenvolver projetos e falar diretamente com investidores, empreendedores e especialistas em ideias disruptivas.

O Cannabis Thinking, em 7 de março, será um dia reservado para trocar ideias com especialistas no assunto e focar no desenvolvimento de projetos criativos. As inscrições já estão abertas e devem ser feitas no site da aceleradora.

Chamada das startups é outro evento que está com inscrições abertas de janeiro a março. Ele servirá para dar notoriedade ao emergente mercado de Cannabis no Brasil e os projetos de maior destaque serão convidados para participar em 10 de março do Demo Day – apresentação de startups e projetos inovadores com foco em Cannabis para grupo formado por investidores, apoiadores e convidados. Os dois eventos serão realizados no Civi-Co, em São Paulo.

Projetos de todas áreas poderão participar, incluindo gestão de dados de saúde, equipamentos e dispositivos, digital health, genética, educação, logística, extração, cultivo e comunicação, entre outras. Os projetos podem ter abrangência internacional, com foco em mercados mais evoluídos no setor de cannabis.

Eles serão avaliados por profissionais especializados, considerando aspectos como equipe, criatividade, ineditismo e escalabilidade, entre outros. Terão preferência soluções inovadoras voltadas ao setor medicinal, em conformidade com a atual regulamentação vigente no País, não perdendo de vista, as possibilidades nutricionais e industriais que derivam principalmente do Hemp.

“Queremos atrair pessoas talentosas e empresas engajadas nas diferentes esferas do ecossistema mundial da Cannabis medicinal, atuando como intermediadores de negócios e auxiliando no processo de regulamentação do setor no Brasil e na América Latina”, afirma Marcel Grecco, sócio-fundador e CEO da The Green Hub.

Os conceitos do design estratégico e colaborativo serão transpostos para o evento Cannabis Thinking, que acontece três dias antes da apresentação das startups a possíveis grupos de investidores. “Desse evento podem surgir ideias absolutamente inovadoras e que também poderão interessar ao mercado investidor”, diz Alex Lucena, head de inovação da The Green Hub.

A parte da manhã será reservada a palestras com a presença de figuras renomadas como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; a presidente do Instituto Humanitas360, Patrícia Vilela; o renomado cientista Stevens Rehen; e o sócio-fundador e diretor de negócios da The Green Hub, Marcelo De Vita Grecco. Já a tarde será reservada para atividade imersiva, com objetivo em facilitar processos de inovação no desenvolvimento de novos negócios. O dia termina com apresentação dos resultados dos grupos em formato pitch.

A perspectiva para esse setor é de movimentar o equivalente a R$ 4,7 bilhões no País e beneficiar mais de 3,4 milhões de pacientes em três anos, com um cenário e regulamentação mais abrangentes, que não é uma realidade no Brasil atual.