* Por Rubney L. Belloni

Por trás de todo bom resultado, há sempre dedicação, suor e trabalho. Segundo pesquisadores, alguns registros evidenciam como um dos principais artistas do Renascimento, Michelangelo, sentia fortes dores na coluna advindas das longas horas de trabalho para entregar suas famosas pinturas e afrescos mais emblemáticos. Um verdadeiro exemplo de que mesmo os gênios e mestres edificam seu talento com suor e empenho.

O ser humano tem a tendência de evitar o sofrimento e sempre buscar apenas aquilo que é bom e prazeroso. Mas por trás de cada história de vitória e sucesso, há sempre um caminho de luta que foi trilhado justamente na contramão do comodismo. É necessário muito trabalho e disposição para poder se destacar.

Deixar para amanhã tarefas difíceis e que te tiram da zona de conforto é uma tendência do ser humano, algo natural e que pode surgir até mesmo do medo que nos acompanha desde o nosso nascimento. Quando se pensa em empreender (ou mesmo quem já está no caminho), surge o medo do cliente não gostar do resultado final, medo de seu trabalho não ficar bom o suficiente, de não ter um retorno financeiro com sua franquia ou negócio… a lista é longa. Para isso, elaborei algumas dicas:

A primeira dica é fazer alguma atividade física: além de ajudar a controlar sua ansiedade e aliviar estresses, auxilia também na disposição para cumprir os compromissos do dia a dia. Busque alguma atividade que você tenha mais interesse, principalmente se estiver começando uma nova rotina!

Tenha metas: um planejamento detalhado, com os meios necessários para atingir seus objetivos,  auxilia bastante para que você possa cumprir todas as etapas de forma gradual e no sentido correto. Desorganização é o gatilho para inseguranças e ansiedades.

Recupere suas energias: para isso, tenha uma boa noite de sono. Não adianta nada ter várias metas estabelecidas e não conseguir cumpri-las: busque descansar oito horas diárias e ter uma rotina de horários minimamente regular (não dormir meia noite em um dia, em outro duas da manhã e por aí vai…).

Cuide de sua alimentação: alguns alimentos oferecem mais energia para o seu dia, e o contrário também é verdadeiro. Por isso procure um nutricionista e, se for também necessário, pergunte sobre uma possível suplementação.

Estabeleça uma hierarquia de atividades:  comece por tarefas simples de serem executadas, pois a complexidade desmotiva o ser humano, que acaba por naturalmente desistir diante de um cenário de difícil desdobramento. Comece por aquilo que é mais simples e vá avançando de forma gradual, de acordo com sua evolução.

Você já imaginou como seria sua vida se conseguisse vencer a preguiça todo dia?


Rubney L. Belloni, tem 28 anos e é CEO na BLN Contabilidade. Possui Bacharel em Ciências Contábeis pela UNIP Assis/SP e MBA em Controladoria de Empresas pela UNIP Assis/SP. É professor, voluntário e conselheiro fiscal no Vozes | Instituto Gerando Falcões e voluntário na Casa de Acolhida Pietá – Núcleo São Paulo/SP.