Com a missão de utilizar tecnologia para ajudar as pessoas a se exercitarem mais, a startup Fit Anywhere anuncia a criação de um novo produto após um aporte recebido a cerca de um mês. Lançada em 2016, a empresa desenvolveu um aplicativo de compartilhamento de treinos em tempo real para academias de condomínios e hotéis. Hoje, já são 200 condomínios em sua base de clientes.

Após o aporte e o processo de aceleração pela Bluefields, a startup anuncia o Banco Multifuncional Fit Anywhere: é uma caixa com a função de um banco reclinável para exercícios e que possui mais de 15 equipamentos acoplados.

Os bancos são alugados por R$250 mensais pelos condomínios, com trocas dos elásticos anualmente. Após 36 meses, o banco é cedido ao cliente. O aluguel do aparelho, entretanto, acontece em conjunto com a assinatura do aplicativo, que custa R$100 mensais para o condomínio.

O Banco foi desenvolvido em parceria com a Movement, empresa brasileira fabricante de equipamentos fitness. A startup diz que o objetivo é democratizar as academias em condomínios, hotéis e empresas, com o melhor custo-benefício e com fácil utilização através dos treinos em conjunto com o aplicativo da startup.

O Banco Multifuncional Fit Anywhere

O Banco Multifuncional Fit Anywhere

O app da empresa possui mais de 350 exercícios, possibilitando milhares de combinações. O app leva em consideração os equipamentos disponíveis em cada academia e os objetivos pessoais de cada usuário, oferecendo treinos sob medida. “Nosso modelo é B2B2C, oferecendo o mesmo app a todos os moradores ou hóspedes no modelo de compartilhamento e com isso oferecemos informações sociais importantes, como quem está na academia, qual aparelho está em uso e em quanto tempo ficará disponível antes mesmo do usuário ir à academia”, diz a empresa.

A Fit Anywhere também aposta na criação de um hub de serviços para administradores de condomínios. Integrados no próprio aplicativo das administradoras, a meta é atender mais de 8 mil condomínios nos próximos cinco anos.

“Todo prédio ou todo hotel que tem uma sala micro pode ter uma academia. Estamos trabalhando em uma versão menor do aparelho, um kit com alguns equipamentos para que as pessoas possam fazer as atividades até dentro do quarto de um hotel. O aplicativo é o chamariz e o começo de tudo. Outra forma de monetizar são os treinos personalizados, que vamos lançar em breve. O app tem versão trial, com oferta de conteúdo e dicas de saúde e bem-estar”, explica Pedro Kaufmann, CEO da startup.