* Por Gabriel Malinosqui

Agora que você teve a ideia, validou a proposta de valor e entendeu o que é MVP, chegou a hora de começar o desenvolvimento do produto.

Nesse momento que empreendedores se perdem. De fato, tirar um produto digital do papel não é uma tarefa fácil. Dessa maneira, é fundamental ter os melhores profissionais ao seu lado, afinal, qualquer decisão tomada agora, refletirá no médio e longo prazo do seu negócio.

Na maioria dos casos, empreendedores optam para chamar de sócios desenvolvedores que estão no seu círculo de amizade.

O problema dessa abordagem é que além de restringir as possibilidade a um número pequeno de pessoas, não existe nenhuma garantia de que os profissionais vão desempenhar um bom papel na hora de desenvolver o produto.

E é aí que entram os motivos de se terceirizar o desenvolvimento de software. Vamos lá?

Benefícios da terceirização do desenvolvimento de software

Deixe na mão de quem realmente entende do assunto

Sem dúvida, o maior benefício de se terceirizar o desenvolvimento do produto da sua startup é deixar na mão de quem realmente entende do assunto. Assim, você pode realmente focar no que de fato é importante, validar o seu produto a todo momento.

Quando você contrata uma empresa para desenvolver o seu produto, você tira uma série de preocupação da sua cabeça, mas é importante compreender que o projeto precisa ser desenvolvido a quatro mãos.

Não caia no erro de deixar tudo na mão de uma empresa, lembre-se que ela possui seus próprios objetivos. Então, esteja sempre a par do que está acontecendo e direcionando a equipe de acordo com os objetivos do seu negócio.

Maior assertividade no médio e longo prazo

Quando você começa um produto de maneira informal, são inúmeros a quantidade de erros que podem aparecer no futuro.

Desde a escolha da tecnologia, até assuntos mais complexos como segurança e questões financeiras são comuns quando não se toma as decisões pensando no longo prazo.

Melhor qualidade de código

Um dos maiores erros de times que não são especialistas em produtos digitais é priorizar a velocidade perante a qualidade, de fato, cada vez mais as empresas precisam ter agilidade na hora do lançamento de seus produtos.

Mas priorizar a velocidade a qualquer custo pode trazer um prejuízo gigantesco para o seu negócio no momento em que seu produto mais precisará de qualidade, o momento de escala.

Uma equipe experiente desde o início evita esse tipo de problemas.

Nem tudo são flores

Como sabemos, nada na vida é perfeito, muito menos quando falamos de negócios.

Quando terceirizamos o desenvolvimento de software da startup, corremos o risco de perder um know-how importante do negócio, o conhecimento do nosso produto. E ele é fundamental, afinal, se tratando de uma startup, a tecnologia é o core business.

Por isso é importante sempre diminuir os riscos da terceirização, trazendo conteúdo para dentro do seu time, seja com você ou colocando mais uma pessoa depois para agregar conhecimento.

E aí? Você já passou por algum problema relacionado ao assunto? Tem alguma dúvida? Deixe aqui nos comentários que respondo o mais rápido possível.


Gabriel Malinosqui é formado em Ciência da Computação pela Universidade Paulista.  É apaixonado por empreendedorismo e quer mudar a vida das pessoas com tecnologia. Valida startups digitais desde os 17 anos e após aprender bastante com o mercado, fundou com outros sócios a ez.devs, empresa com foco em ajudar pessoas a tirarem seus produtos digitais do papel. Desde então já contribuiu para a evolução dos projetos de mais de 20 startups de todo o Brasil!