NotCo lança nesta semana o Not Milkseu leite feito 100% à base de vegetais. O Not Milk não tem lactose, glúten, colesterol ou qualquer produto transgênico, e chega em três versões ao mercado brasileiro: integral, semi-desnatado e achocolatado. O produto começou a ser vendido em um evento de Natal na capital paulista e, em breve, chega a padarias e redes de supermercados.

versão integral do Not Milk foi desenvolvida especialmente para atender o hábito de consumo dos brasileiros, que preferem um leite mais consistente e gorduroso. No Chile, onde a foodtech tem sede, o produto que está à venda é mais próximo de um leite semi-desnatado, seguindo o padrão de escolha dos chilenos.

Todas as versões do Not Milk têm a mesma base de vegetais, que é de óleo de coco, repolho, abacaxi e chicória. A combinação inusitada dos ingredientes, que resulta em um sabor muito próximo ao de leite animal, ocorre graças ao algoritmo de inteligência artificial da companhia, criado por dois de seus fundadores.

O algoritmo foi apelidado de Giuseppe e funciona como um “Not Chef” da companhia. Ele compara informações de moléculas presentes em alimentos de origem animal com as de plantas e sugere a combinação de vegetais que simula aquele produto. Essa combinação leva em conta parâmetros como sabor, cor, textura e valor nutricional, para que seja muito próximo dos alimentos recriados.

“O Not Milk é o primeiro leite vegetal no mercado a entregar o sabor próximo ao de leite animal. Convidamos todos os consumidores a provar os nossos produtos, porque vão perceber que não vão precisar abdicar do sabor que gostam em prol de um alimento mais sustentável”, diz Luiz Augusto Silva, presidente da NotCo no Brasil.

Um dos lemas da NotCo é o de “mudar sem mudar”: a companhia se compromete com uma cadeia produtiva mais sustentável, sem passar pelo consumo animais, mas não interfere na experiência do consumidor, mantendo a sua memória afetiva em relação à comida.