* Por Bruno Guerra 

A integração é a base da tecnologia em uma casa inteligente. O ar liga quando você chega em casa – e desliga quando você entra no carro, as luzes são acesas com apenas um toque em seu smartphone, as câmeras de segurança são acessadas onde quer que esteja… em uma casa smart, são essas e outras características que você pode esperar daqui para frente!

Produtos para uma casa inteligente

Os produtos desenvolvidos para este tipo de casa foram projetados para tornar o nosso dia a dia mais fácil, confortável e inteligente.

E todos os dias são desenvolvidos novos produtos inteligentes que fornecem uma solução para problemas que você não sabia que tinha!

Por isso, neste artigo você irá conferir as principais tendências para os próximos anos quando o assunto é casa inteligente. Tenha uma ótima leitura!

Principais tendências

Diga olá ao seu alto-falante inteligente

“Olá Google, E aí Siri!”, essas são frases que vamos falar e ouvir com mais frequência nos próximos anos. Até porque conversar com uma assistente virtual em nossos smartphones é algo que está se tornando cada vez mais comum. 

E, nos próximos anos, essas assistentes estarão entrando em nossa sala de estar. Google Home, Apple HomePod… enfim, todos os alto-falantes inteligentes que permitem o controle meio de sua voz. Sim, isso significa que você vai poder conversar com sua casa.

Dessa forma, você pode, por exemplo, pedir para o dispositivo acender ou apagar as luzes, abrir ou fechar as cortinas, e muito mais. Além disso, esses alto-falantes também podem informar o clima, as últimas notícias, entre outras coisas.

O crescente uso da iluminação inteligente

Você já pensou em ajustar o brilho das luzes da sua casa apenas movendo os dedos na tela de um smartphone? Isso está se tornando possível devido às mais recentes inovações em dispositivos e sistemas de iluminação doméstica inteligentes.

Em vez de pressionar interruptores na parede, basta abrir um aplicativo no seu smartphone, assim será possível controlar as luzes nas diferentes salas. 

Você pode, por exemplo, escurecer as luzes para que as crianças possam jogar videogame, ou iluminá-las para poder estudar. Enfim, este tipo de tecnologia proporciona uma transformação incrível e tornará a iluminação mais essencial para o nosso dia a dia. 

E mais, vamos até usar a luz para alterar nosso humor, proteger nosso bem-estar, proteger nossas casas e, claro, economizar energia. É por isso que a iluminação inteligente é uma parte essencial das tendências para casas smart.

Maior foco no design

As pessoas querem dispositivos e tecnologias inteligentes, mas também querem algo que pareça bom, que tenha um visual moderno. 

Por isso, para os próximos anos é esperado um foco maior no design e na ergonomia das tecnologias inteligentes. 

Isso pode ser assumido de maneiras diferentes e inteligentes de montar ou ocultar alto-falantes, teclados e câmeras, telas com melhor aparência, controles e telas de leve, compactos e elegantes que se parecem com o seu smartphone.

Enfim, você verá muitas opções sofisticadas e elegantes para adicionar tecnologia a sua casa, sem sacrificar o design e a decoração dela.

Busca por mais segurança

Bloqueios, câmeras e sensores inteligentes estão ajudando a monitorar muitas coisas em casa hoje em dia.

Agora para os próximos anos é ainda mais esperado esse tipo de tecnologia para casas inteligentes, de modo a oferecer mais discernimento sendo aplicado às informações.

As câmeras inteligentes detectam pessoas, animais e o caminhões/vans de entrega, para que você seja notificado apenas se algo incomum estiver acontecendo. 

Assim, com o passar do tempo os sensores inteligentes irão cada vez mais relatar todos os tipos de condições ambientais em casa e analisar/monitorar dados de maneira inteligente, em vez de alertá-lo sobre todas as pequenas alterações.

Salas de estar: inteligentes e diferentes

No futuro, sentar na frente da televisão será uma experiência totalmente diferente do que é hoje. Ou seja, o layout da sua sala de estar será de um outro jeito. 

Por exemplo, você não terá uma televisão física e visível na sala. Em vez disso, quando estiver pronto para assistir à TV, você clicará em um botão ou dirá uma frase e assim um projetor de alta resolução se materializará na parede ou teto.

Você terá uma enorme área de visualização de TV e, certamente, há diversos pensamentos de que a realidade aumentada e virtual irá alterar ainda mais isso, praticamente eliminando a necessidade de ter uma TV.

* Bruno Guerra é jornalista, redator e consultor SEO. Ama ler, escrever e aprender sobre diversos assuntos.