Depois de uma primeira temporada na web com mais de 230 mil assinantes e 50 mil votantes, a primeira e maior competição de startups do país segue para sua principal entrega – uma imersão dos vencedores no Vale do Silício, na Califórnia, e em Nova York, na Costa Leste americana.

Ao longo da missão de dez dias, uma visita estratégica à IBM, patrocinadora da primeira temporada do reality. A multinacional preparou uma agenda de trabalho focada em AI (inteligência artificial), cloud computing e toda uma gama de produtos e serviços da companhia que possam apoiar o crescimento dos dois projetos vencedores em suas verticais – Govtech (tecnologia para o serviço público) e Health Tech (soluções para a saúde).

“Conquistar o prêmio do Startup Show demonstra que a tecnologia tem muito a contribuir com a política em nosso país. Concorrer com as principais startups brasileiras e vencer a disputa é uma certificação de qualidade do trabalho que estamos fazendo. Comprova que as pessoas estão atentas às ferramentas que ampliam a participação popular e o exercício da democracia. Com certeza, a premiação aumenta a responsabilidade de nós, que criamos o aplicativo, e também dos parlamentares que hoje utilizam o “Nosso Mandato” em busca de boas práticas políticas”, diz Gabriel Azevedo, da startup Nosso Mandato.

Segundo Leo Soltz, idealizador do projeto e CEO da Fill the Blank (empresa de conteúdos e formatos originais responsável pelo reality), foram atingindo os objetivos traçados pela competição: dar visibilidade aos projetos participantes, promover acesso à tecnologia de ponta e às soluções dos parceiros e patrocinadores, além de mentorias com especialistas. E, o mais importante, deixar um legado propositivo às competidoras e ao público.

“Vamos fechar com chave de ouro essa última entrega e já atuar para que a segunda temporada possa amplificar todo esse conjunto de resultados para as startups brasileiras.  Quando idealizamos o formato – originalmente para a TV – tínhamos certeza de que este era o caminho: popularizar informações sobre inovação, empreendedorismo e tecnologia e, principalmente fazê-las chegar a todos. A missão foi cumprida com a primeira temporada. E em 2020 tem mais”, afirma Soltz.

O Startup Show teve o patrocínio da IBM, da AeC, da Robbyson (plataforma de soluções tecnológicas que aplica a lógica dos games na gestão dos negócios), e da Eu Saúde (plataforma de promoção da saúde e do bem-estar). O apoio vem de Copa Airlines, Free Valorize, Endeavor, Startse, ABStartups, STARTUPI, Sucesu Nacional, Orbi, Raja Ventures, 10K Startups, Fundep, Semear, FCJ, Techmall, Pequenas Empresas Grandes Negõcios e Sebrae. A realização é da Fill the Blank.

Sobre as Startups Vencedoras

Nosso Mandato

O aplicativo “Nosso Mandato” foi criado pelo vereador mineiro Gabriel Azevedo para atender à demanda de políticos de várias regiões do país, que queriam usar a tecnologia digital para se aproximar de seus eleitores. A inspiração foi o aplicativo “Meu Vereador”, também criado por Gabriel e em funcionamento desde a posse do vereador na Câmara Municipal de Belo Horizonte, em janeiro de 2017.

Entre suas funcionalidades, o “Nosso Mandato” possibilita que os eleitores participem ativamente do exercício do mandato do político no qual votaram. Eles podem opinara respeito da tramitação de projetos de lei, notificar problemas nos serviços públicos e fiscalizar a prestação de contas e os gastos de recursos públicos feitos por seu vereador, deputado estadual, deputado federal ou senador.

Yo Loop

A YoLoop atua no combate à obesidade através de uma jornada de emagrecimento e mudança de hábito ancorada em 3 pilares: tecnologia (smartband, aplicativo e balança de bioimpedância), curadoria humana (tutores de acompanhamento diário da jornada, gastronomia, nutrição, preparação física, psicologia e metas e objetivos) e metodologia 360º (método centrado no usuário, com coleta e análise de dados e aconselhamentos com nossa equipe multidisciplinar de tutores). A jornada, testada em mais de 300 clientes, já emagreceu mais de 1.000 kgs, com baixos índices de abandono e baixas taxas de efeito sanfona. O maior desafio dessa jornada está nos componentes psicológicos e comportamentais dos usuários, que são impactados com a combinação de app, devices, curadoria humana, acompanhamento intenso e constante e dietas proprietárias e apetitosas.