Israel já foi chamada de ‘Startup Nation’ e atualmente é considerada a ‘Scale up Nation‘, isso acontece devido ao fato do país ser um berço para empresas de tecnologia, onde elas amadurecem e crescem, como o caso do Waze. Os números também comprovam este fato: o país tem aproximadamente 9 milhões de habitantes, uma extensão territorial de 20.770 km e mais de 4 mil startups.

A inovação tecnológica de Israel surge após dificuldades enfrentadas pela nação. A diversidade etnológica, as guerras e a geografia quase inóspita da região foram fatores cruciais para que a população começasse a inovar para sobreviver. Assim, foi instaurada uma cultura empreendedora no país:

“A inovação tecnológica de Israel é uma das mais densas e ativas do mundo. O próprio governo investe nas startups, além de possibilitar um ecossistema propício para isso, com uma educação prática, integração da sociedade e colaboração da iniciativa privada”, explica o ex-Cônsul Econômico de Israel no Brasil e sócio da Mindset Ventures, Boaz Albaranes.

Boaz atuou 3 anos como cônsul da Missão Econômica e Comercial de Israel no Brasil e pôde ajudar empreendedores israelenses que escolheram desenvolver seus negócios no Brasil. Atualmente em Tel-Aviv, o ex-Cônsul faz o caminho inverso e ajuda brasileiros a investirem em startups de Israel: “Investir em empresas ruins e de médio porte é fácil em Israel. Mas, colocar o seu dinheiro em empresas boas é complicado, pois há muita concorrência de investidores. O empreendedor bom acaba escolhendo o fundo que ele quer receber dinheiro e não o habitual, como acontece em outros países, onde o investidor escolhe a empresa.”, explica.

Segundo a pesquisa realizada pela Start-Up Nation Central, aproximadamente 1.500 investidores aportam dinheiro em empresas de do país. Entre estes, apenas 430 tem presença permanente em Israel e 23% são não-israelenses. A rodada média de investimentos ficou em torno de  US$ 4 milhões em 2018, 33% maior que em 2017.

Brasileiros em Israel

A Mindset Ventures é um desses fundos de investimentos presentes em Israel. Fundado em 2016, o fundo de venture capital ajuda brasileiros a investir em empresas em estágio inicial no país: “A Mindset Ventures é o único fundo brasileiro que investe em empresas localizadas em Israel e Estados Unidos. Por meio de viagens, eventos e relatórios constantes, nós levamos os brasileiros para conhecer o ecossistema de lá e, com a experiência presencial, o investidor vê um propósito em contribuir com o crescimento dessas startups e apoiar sua expansão para outros mercados”.

Boaz também fala sobre a importância do relacionamento e credibilidade entre investidores e empreendedores: “Em Israel, o empreendedor vai escolher os investidores que ele conhece, ou que tenha algum relacionamento. É preciso criar uma boa relação de confiança e propósito entre investidor e empreendedor”, finaliza o sócio da Mindset Ventures, que foi também considerada, por dois anos consecutivos, um dos fundos de investimento mais ativos de Israel.

Entre as tendências tecnológicas em Israel, Boaz Albaranes aponta que as startups estão focadas em desenvolver produtos voltados para inteligência artificial, cibersegurança, agricultura e serviços financeiros.