A Linx, líder e especialista em tecnologia para o varejo, e o Delivery Center, empresa de entregas que utiliza hubs de distribuição a partir de shoppings centers, prédios comerciais e dark malls – espaços exclusivos para delivery –, acabam de anunciar o início de uma parceria estratégica que possibilitará aos lojistas brasileiros que contam com uma operação omnichannel realizar entregas em até uma hora.

“Temos investido na oferta de soluções de omnicanalidade para fortalecer as marcas que têm uma operação física consolidada, mas que querem aumentar suas vendas por meio da integração com o ambiente online”, afirma Jean Carlo Klaumann, vice-presidente da Linx Digital. “Estamos apoiando grandes varejistas de diversos segmentos nessa transformação e, agora, juntamente com o Delivery Center, possibilitaremos que seus prazos de entrega sejam ainda menores”, adiciona.

“Trata-se de uma operação conjunta que vai ajudar o varejista tradicional a vender por meio de multicanal e ainda atender ao mercado de ‘same hour delivery’”, explica Cristiane Mendes, sócia-fundadora e diretora de Estratégia do Delivery Center. “A escolha pela parceria com a Linx se dá por dois motivos principais: pela liderança absoluta da empresa em seu segmento de atuação e por ser a única plataforma omnichannel com casos reais do Brasil”, ressalta.

E-commerce urbano

Segundo Klaumann, com essa nova capacidade de entrega, a loja é transformada em um centro de distribuição, que fará a separação dos produtos no estoque, enquanto o Delivery Center fica responsável pela coleta e entrega expressa. “Precisamos criar todas as condições para que o lojista possa chegar ao consumidor. Nesse sentido, aproximar o Delivery Center dos nossos clientes é habilitar a última milha da experiência omnichannel que queremos prover”.

“O Delivery Center atua no e-commerce urbano – aquele que usa o próprio varejista que está dentro da cidade, com sua loja e seu estoque, e viabiliza a entrega e o comércio eletrônico dele”, destaca Cristiane. “Portanto, a parceria com a Linx torna possível a retirada diretamente da loja, e não mais apenas do Centro de Distribuição (CD), que está localizado nas bordas da cidade”, comenta.

Balanço Delivery Center

Em menos de um ano e meio de operação, o Delivery Center já inaugurou 22 centrais distribuídas nas cidades de São Paulo (10), Rio de Janeiro (9) e Porto Alegre (3), das quais 21 unidades estão localizadas em shoppings centers e uma no dark mall da capital gaúcha. Ainda em 2019, o Delivery Center, que opera em grandes redes, como brMalls, Multiplan, CCP (Cyrela Commercial Properties), Ancar e Aliansce, pretende entrar em mais três capitais: Curitiba, Belo Horizonte e Brasília.

Até 2021, a empresa planeja inaugurar 200 unidades nos principais centros urbanos brasileiros. O Delivery Center registra faturamento de R$ 8 milhões por mês – cerca de R$ 100 milhões por ano. “Ao atingirmos nosso plano de metas, nossa expectativa é de que o movimento geral das vendas de todos os lojistas e redes plugados será de US$ 1 bilhão até 2021”, prevê Cristiane.