* Por Leandra Matos

Com o agravamento da crise econômica, social e estrutural no Brasil, muitas pessoas perderam seus trabalhos com carteira assinada e estão em busca de recolocação no mercado de trabalho, ainda que de maneira informal.

Algumas começaram a pensar em empreender e nesta fase aparecem milhares de ideias que em nossa opinião são fáceis de executar e têm retorno imediato, mas na prática não funciona bem assim. Nem sempre fazer o que gosta significa que é fácil ou que você faça bem-feito.

Quando você se depara com a realidade e percebe que tantas outras pessoas tiveram a mesma ideia que você e lucram com isso, você pode ter duas reações: a primeira desanimar, porque não vê como driblar a concorrência e a segunda é acreditar que você pode fazer o mesmo que seu concorrente, sem ter a mesma noção que ele tem. Acredite! As duas opções são perigosas!

Antes de começar um negócio é importante conhecer o mercado, reconhecer a necessidade que ele apresenta e tentar supri-la. Mesmo que existam diversas empresas que prestam o mesmo serviço que o seu na mesma região, é importante que apresente um diferencial, tanto na execução quanto no atendimento. Atualmente, as pessoas procuram serviços e atendimento personalizados que atendam suas expectativas.

Lembre-se! Quando você oferece algo a mais a seu cliente, ele volta, indica seu produto/serviço e abre as portas para que você amplie e melhore seu negócio.

Dicas

  • Faça um plano de negócios ainda que de curto prazo;
  • Conheça o mercado e seus concorrentes;
  • Conheça seu produto e saiba precificá-lo;
  • Estude sempre e aprenda com os erros.

Qualquer negócio para dar certo é necessário planejamento e conhecimento de suas habilidades. E tanto dinheiro quanto sucesso não aparecem de forma mágica, você vai precisar de muita dedicação e trabalho.

* Leandra Matos é mãe da mãe da Sofia, 12 anos e Alice, 6 anos. Empreendedora em LEMA Reforço Escolar, especializada em atender crianças com Dificuldade de Aprendizagem. Pedagoga e Neuropsicopedagoga Clínica e Institucional.