Esta semana, a Mary Kay, uma das empresas que mais estimula o empoderamento e empreendedorismo feminino, anunciou o Women’s Entrepreneurship Accelerator, uma iniciativa global para inspirar, capacitar e empoderar mulheres empreendedoras em todo o mundo.

Trata-se de uma parceria estratégica com seis agências da das Nações Unidas: ONU Mulheres, United Nations Office for Partnerships (UNOP), Organização Internacional do Trabalho (OIT), International Trade Centre (ITC), UN Global Compact (UNGC) e Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

O projeto oferecerá um currículo digital guiado, que será complementado com treinamento presencial e mentoria. Além disso, servirá como uma plataforma para eliminar os obstáculos enfrentados pelas mulheres ao empreender, desde a alfabetização digital até mudanças na legislação — permitindo que as mulheres participem plenamente do crescimento das economias locais e nacionais.

Esta iniciativa visa estimular as empresas a apoiarem e fazerem negócios com mulheres empreendedoras. O plano de expansão do projeto engloba também uma ajuda financeira por meio de financiamento às mulheres que completam o currículo.

“A Mary Kay empodera as mulheres por meio do empreendedorismo, oferecendo uma oportunidade de negócio independente há 56 anos”, diz Deborah Gibbins, COO da Mary Kay. “As organizações do setor público e privado devem trabalhar juntas para garantir que todas as mulheres empreendedoras tenham acesso às ferramentas e educação necessárias para tornar realidade seus sonhos de independência financeira, proporcionando melhores condições para suas famílias e comunidades.”

Ancorado por uma plataforma de e-learning, a Women’s Entrepreneurship Accelerator estará disponível inicialmente em seis idiomas, com mais idiomas sendo incorporados à medida em que o programa se expandir para 192 países. A iniciativa também contará com um comitê consultivo de empresários, celebridades e embaixadores para supervisionar a expansão e a promover o programa.

“Uma mulher informada com dinheiro no bolso é uma mulher empoderada. Com o crescente número de mulheres inovadoras ativas hoje, o empreendedorismo e o empoderamento das mulheres estão fortemente em ascensão”, diz Phumzile Mlambo-Ngcuka, Diretora Executiva da ONU Mulheres. ” O Programa permitirá que, mais do que nunca, mulheres se tornem empreendedoras com conhecimento, tenham independência financeira e apoiem suas comunidades locais”.

“Na ITC, estamos ansiosos para ingressar no Acelerador de Empreendedorismo Feminino por meio de nossa Iniciativa SheTrades “, disse Arancha González, Diretora Executiva do International Trade Center. “Com essa parceria, capacitaremos mulheres e meninas para perseguir seus sonhos de empreendedorismo e prepará-las com as habilidades necessárias para transformar esses sonhos em sucesso nos negócios.”