A capital de Santa Catarina é hoje um dos principais polos de startups de tecnologia do Brasil, com mais de 900 empresas com graus diferentes de maturidade e que geram, segundo dados da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), uma receita total anual de 5,4 bilhões de reais. Há, atualmente, cerca de 2 500 profissionais empregados na área para cada 100 000 habitantes.

Ecossistemas de startups de tecnologia como Florianópolis dependem de uma estrutura de ensino superior que forme, de maneira consistente, um grande número de profissionais especializados. Foi essa demanda que levou a ESPM, escola de negócios referência nas área da economia criativa, a inaugurar em agosto sua unidade TECH na cidade.

“A ESPM chega a Florianópolis com o objetivo de oferecer cursos diferenciados e de vanguarda para a gestão e empreendedorismo de negócios da economia criativa”, diz Genaro Galli, diretor de Pós-Graduação e Educação Continuada da ESPM SUL. “Queremos fazer parte da história de inovação que vem sendo construída na cidade.”

Na ESPM TECH Florianópolis serão aplicadas novas metodologias de ensino e aprendizagem ativa em todas as salas, integrando tecnologias digitais à visão empreendedora. Os espaços foram desenvolvidos para propiciar a troca e a colaboração entre alunos e professores.

O novo campus está localizado na SC-401, Térreo da Cassol Centerlar, ao lado da ACE, empresa de investimento em startups e inovação corporativa — parceira da ESPM na Pós-Graduação em Empreendedorismo Digital — e outras organizações ligadas à inovação digital como Mercado Livre, Acate, Peixe Urbano, Softplan e Sapiens Parque.