Ir para o conteudo

“Nenhum país vai crescer sem ciência e tecnologia”: Marcos Pontes participa do Innovation Summit

Marcos Pontes, Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, marcou presença no Innovation Summit em Florianópolis. O evento é realizado pela Rede Nacional de Associações de Inovação e Investimentos (RNAII).

O Ministro compartilhou detalhes sobre a sua infância, experiência no espaço e também deu algumas dicas para os empreendedores.

Filho de servente, nascido em Bauru, Pontes sempre teve o sonho de voar. Começou a trabalhar com 14 anos para conseguir pagar seus estudos, na época ele estudava no Senai para se tornar eletricista. Como frequentava muito os aeroclubes para ver os aviões, sugeriram para que ele fosse para a força aérea. “Meus amigos disseram que eu não ia conseguir, que isso era coisa de rico, mas costuma ser sempre assim, quando você tem uma ideia de negócio, por exemplo, sempre vão te dizer que é uma loucura e que não vai dar certo”, destaca.

Sua grande lição de resiliência veio de sua mãe, Zuleika Pontes, que disse que Marcos poderia ser e fazer o que ele quisesse, desde que estudasse, trabalhasse, persistisse e fizesse sempre mais do que esperam dele. Foi aí que aprendeu que “é preciso acreditar no impossível”.

E foi exatamente nisso que o ministro pensou ao chegar ao espaço. “Foram os 9 minutos mais rápidos da minha vida. Sim, demora 9 minutos para sair do chão e chegar no espaço. Quando teve o corte dos motores que eu tirei as minhas luvas e elas começaram a flutuar na minha frente eu me lembrei do jovem de Bauru, da frase dos meus amigos e da minha mãe. É importante ter um sonho, um dia você vai conseguir realizá-lo e quando isso acontecer, nunca mais você vai se esquecer do momento”.

O ministro também comparou as habilidades de um empreendedor com a de um astronauta, que segundo ele, precisa treinar e ter a visão de onde quer chegar. Nos negócios, é preciso ter conhecimento do que você irá encarar no mercado, se capacitar e ter atitude de vencedor. “O impossível pode ser vencido todos os dias com o trabalho que fazemos. O Brasil tem uma capacidade gigantesca, por isso precisamos sonhar alto e chegar acima das nossas expectativas”.

O ministro também destacou que o MCTIC está trabalhando, em diferentes frentes, para preparar o Brasil para as mudanças tecnológicas e sempre em parceria com outros órgãos do Governo, iniciativa privada e outros atores interessados. Abaixo alguns exemplos.

Ciência na Escola

O programa visa aprimorar a qualidade do ensino de ciências nos cursos fundamental e médio das escolas públicas brasileiras. O objetivo é estimular alunos para as carreiras científicas, qualificar professores para o ensino por investigação científica e fortalecer a interação entre instituições de educação superior e escolas de ensino fundamental e médio.

Programa Empreendedoras Digitais

O Programa Empreendedoras Digitais promove o protagonismo feminino através do desenvolvimento de empresas de base tecnológica com presença de mulheres, seja na sua fundação e/ou em cargos de liderança e gerará cerca de 30 startups. Com ações de mobilização, educação e investimento, mulheres de todo o Brasil poderão impulsionar seus negócios e receber ao final uma premiação.

O Ministro também falou sobre as propostas do Marco Legal das Startups que incluem: agilidade para abertura e fechamento de startups; ampliação das possibilidades de natureza societária e maior disponibilização de recursos para investimentos de capital de risco.

“O MCTIC tem a função de gerar maneiras para ajudar as empresas que já existem e as que ainda irão surgir, as startups. Então, o que pudermos fazer para ajudar, junto com os estados e municípios vamos fazer. Precisamos unir os esforços para um resultado cada vez mais positivo”, finaliza. 

O Innovation Summit Brasil é realizado pela Rede Nacional de Associações de Inovação e Investimentos (RNAII), em Florianópolis e acontece até dia 14. Trata-se de uma iniciativa de colaboração das grandes entidades fomentadoras do empreendedorismo inovador, em prol de todo o ecossistema brasileiro de ciência, tecnologia e inovação. Fique ligado no Startupi para acompanhar mais novidades.

Fernanda Santos
Jornalista pela Anhembi Morumbi, especialista em mídias digitais, com atuação na Rádio Metropolitana e Portal R7. Quer ter seu texto publicado no STARTUPI? Envie um e-mail para contato@startupi.com.br.

Matérias Relacionadas