O Cubo, maior hub de fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina, anunciou hoje uma parceria inédita com o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. O objetivo é promover a internacionalização de startups e maior integração no ecossistema brasileiro.

No vídeo abaixo, Hugo Florez Timoran, representante do BID no Brasil, fala mais detalhes sobre a parceria:

A parceria será por meio do BID Lab, laboratório de inovação do Grupo BID, que apoia projetos inovadores e empreendimentos em estágio inicial com potencial para gerar impacto em larga escala. Eles fornecem financiamento, mentoria e conexões para acelerar a inovação na América Latina e no Caribe. Ao todo, mais de 2.300 projetos já foram financiados com mais de US$2 bilhões de dólares, impactando mais de 600 milhões de pessoas.

Irene Hofman, CEO do BID Lab, comenta sobre como o ecossistema brasileiro poderá se beneficiar com a parceria:

A parceria também foi feita visando trabalhar cada vez mais com inovação aberta para disseminar e inspirar os parceiros do BID a adotarem soluções desenvolvidas por startups e scale-ups para resolver problemas de interesse público em todos os setores nos quais o Banco atua.

O Brasil conta com o maior ecossistema de negócios de impacto social da região e oferece um amplo cardápio de inovações em implantação, por vezes disruptivas, dedicadas tanto a resolver problemas como a aprimorar soluções existentes, tornando-as mais ágeis e custo-efetivas. O Banco está apresentando a seus parceiros esse potencial e os próximos passos consistem na facilitação e apoio técnico para aqueles que tenham interesse em implementar soluções específicas para seus projetos.

O BID também terá um espaço no prédio do Cubo e acesso à plataforma do centro para interação com as mais de 250 startups do projeto. Renata Zanuto, Head de Startups e Ecossistema do Cubo, comenta sobre a parceria.