Em uma nova rodada de investimentos, Nubank levantou US$400 milhões em sua Série F. Liderada pelo fundo TCV, a rodada contou com a participação da Tencent, DST Global, Sequoia Capital, Dragoneer, Ribbit e Thrive Capital, que já participaram em aportes anteriores. Assim como aconteceu com outros investidores do Nubank, este é o primeiro investimento significativo da TCV na América Latina.

David Vélez, fundador e CEO do Nubank, está feliz e diz que a rodada liderada pela TCV fortalece ainda mais a base de capital da empresa. “A TCV apoiou alguns dos mais bem sucedidos disruptores de nossa época, incluindo Netflix, Spotify e Zillow, com capital, orientação estratégica e experiência. Estamos muito contentes com a nossa parceria para para ampliar nossos negócio.”

Em maio, o Nubank deu início à sua expansão internacional. Abriu escritórios no México e na Argentina, países que apresentam desafios similares aos encontrados no Brasil, e se prepara para iniciar operações e servir clientes nos dois países ao longo dos próximos meses.

Além disso, a companhia expandirá seu portfólio de produtos, tendo lançado recentemente os serviços de empréstimo pessoal e a função de débito para a sua conta digital, a NuConta, está em fase de testes a conta PJ, voltada para empreendedores e pequenos negócios, que também se soma ao já consolidado cartão de crédito e ao programa Rewards.

Como líder da rodada de investimento, Woody Marshall, sócio da TCV, falou sobre o apoio à startup. “David Vélez e sua equipe construíram um negócio impressionante no Nubank. Ficamos admirados com sua posição no mercado, DNA centrado no produto e foco incansável na experiência do consumidor. Estamos ansiosos para apoiar a sua expansão para novos mercados e fornecer serviços adicionais aos seus consumidores.”

Com essa nova injeção de recursos, desde sua fundação em 2013, o Nubank acumula US$820 milhões levantados em sete rodadas de investimento.