A Ford em parceria com a Vodafone desenvolveu uma nova tecnologia que está em fase de testes na Europa para ajudar os motoristas a encontrarem vagas de estacionamento em grandes centros. Nessa fase, os veículos estão conectados a um sistema central de computadores que enviam informações em tempo real das vias e sinais digitais dinâmicos de trânsito de acordo com a sua localização.

Estudos mostram que em grandes cidades como Londres e Frankfurt cerca de 30% do trânsito é causado por veículos à procura de espaço para estacionar, o que gera perda de tempo e dinheiro. Esse problema se deve não só à falta de vagas, mas também à dificuldade de encontrá-las. Segundo Tobias Wallerius, engenheiro de desenvolvimento de produto da Ford Europa, “os aplicativos de navegação são ótimos para nos ajudar a chegar ao nosso destino, mas não são tão eficientes na hora de estacionar, especialmente no centro das cidades.”

O sistema, chamado Guia de Vagas de estacionamento, faz parte do KoMod, um amplo projeto de tecnologia de mobilidade desenvolvido por um consórcio industrial na Alemanha com um aporte de 15 milhões de euros.

Como mostra o vídeo, outros recursos estão sendo desenvolvidos dentro desse programa:

  • O sistema de assistência de semáforos, que mostra no painel do carro o tempo restante para os sinais à frente mudarem para vermelho ou verde. Esse aviso antecipado ajuda a evitar frenagens bruscas, aumentando a segurança, a economia de combustível e a fluidez do trânsito, já que os motoristas ajustam sua velocidade de modo conveniente.
  • O sistema de informação de túneis, que alerta sobre o fechamento de faixas, limites de velocidade e veículos lentos à frente.
  • O Vario Display, que mostra no painel eventos como maratonas, shows ou jogos de futebol, capazes de afetar o tráfego local.
  • Os sistemas de controle de tráfego, que ajudam a melhorar o fluxo de tráfego nas estradas, adaptando os limites de velocidade.
  • A transmissão inteligente de sinais de trânsito, que exibe o limite de velocidade e alertas de perigo diretamente no painel do veículo, usando uma conexão de celular.
  • O alerta de mau tempo, que permite a um veículo comunicar automaticamente as condições meteorológicas para os outros próximos. Se os limpadores de para-brisa detectam chuva, por exemplo, o veículo avisa os motoristas próximos, que assim podem ajustar sua velocidade ou rota.

Em testes feitos anteriormente, a Ford já demonstrou a tecnologia que alerta automaticamente os motoristas sobre acidentes na pista, exibindo a localização exata dos veículos de emergência próximos e a melhor maneira de sair do seu caminho. O objetivo das soluções testadas agora é permitir que o motorista tome as melhores decisões sobre o seu caminho. Mas a comunicação veículo-a-veículo e veículo-a-infraestrutura também poderá ter um papel importante no controle dos futuros veículos autônomos.