A fintech Peer to Peer lending Peak Invest captou R1,2 milhão em investimentos pela EqSeed, uma das principais plataformas de investimentos em startups online do Brasil. A rodada ocorreu em 48 horas, contou com ticket médio de R$ 26 mil e reforça ainda mais o crescente interesse dos investidores por inovações que destravem o acesso ao capital no País.

De acordo com o economista e sócio-fundador da EqSeed, Brian Begnoche, o enorme problema do spread bancário do Brasil, basicamente o maior do mundo, está em destaque e a EqSeed vem buscando oferecer ao investidor empresas que estão no contrafluxo, ou seja, que buscam resolver esse problema tanto para quem quer emprestar como forma de investimento, como para quem precisa se capitalizar.

“Vivemos um oligopólio de cinco bancos em um país com mais de 210 milhões de habitantes. Finalmente, esse sistema está sendo desafiado por startups de P2P lending, como a Peak Invest. Aí vemos empresas como a Creditas, avaliada pelo Softbank em 700 milhões de dólares, mostrando o caminho para as fintechs de crédito no brasil. É claro que o investidor vai querer participar desse movimento, porque ele sabe que é o futuro e, portanto, um excelente ativo”, explica.

Segundo Marcio Berger, CEO da Peak Invest, o gap causado para definir a diferença entre o valor que os bancos cobram de juros ao emprestar e o que pagam pelos rendimentos das aplicações é altíssimo. “Estamos falando de um spread de 32,2%. No mundo, essa média é 5,4% segundo dados do Banco Mundial. Não por acaso, nós, que nascemos em 2018, já intermediamos mais de R$ 3 milhões de empréstimos, de mais de R$ 130 milhões solicitados em pedidos de crédito, analisamos mais de mil empresas e contamos com mais de 900 investidores cadastrados. É evidente que, na ponta do investidor, há o anseio pela diversificação de carteira, enquanto o empreendedor, por sua vez, busca acessar capital. É um mercado represado que estamos buscando desbravar”, afirma.

Diante à enorme demanda que se apresenta, o CEO da Peak Invest afirma que o aporte conquistado via EqSeed será utilizado basicamente em tecnologia e geração de demanda. “Entre outros investimentos, vamos otimizar nosso robô proprietário de análise de crédito, criar um aplicativo para investidores e implementar a ‘Conta Peak’, sistema que vai facilitar os reinvestimentos e reduzir o impacto de tarifas de TED. Todas essas soluções devem tornar nossa interface ainda mais amigável, otimizar nossas operações, de modo a viabilizar o equivalente a R$ 19 milhões em novos empréstimos nos próximos 12 meses”, revela.

Recordes no venture capital online

EqSeed vem se destacando por realizar as maiores e mais velozes rodadas individuais do País. Entre as maiores rodadas, as quatro primeiras posições do ranking são ocupadas pela empresa: Mutual (R$ 4 milhões), a própria EqSeed (R2,5 milhões – que também foi a mais rápida, já que ocorreu em apenas 27 horas) e a agrotech Horus e da Cervejaria 3Cariocas (R2 milhões cada uma).

A Peak Invest, por sua vez, é a segunda rodada mais veloz do setor, tendo captado R1,2 milhão em apenas 48 horas. Vale lembrar que o teto atual da CVM para o setor é de rodadas de até R$ 5 milhões por empresa, por ano.

No ano passado, foram, ao todo, R$ 12,8 milhões investidos em startups pela EqSeed. Este ano, a EqSeed objetiva intermediar até R$ 36 milhões em captações, valor composto essencialmente por rodadas acima de R1 milhão. A empresa também busca realizar as primeiras rodadas de R$ 5 milhões, valor máximo permitido pela CVM.