* Por Ana Flávia Carrilo

Acesso a informação é a base de sucesso para uma startup. Independente da fase que seu negócio está, estudar sobre seu modelo de negócio, seus concorrentes e principalmente estar por dentro das novas tendências do mercado é fundamental nesse segmento de constante evolução.

De encontro a essa necessidade, entidades como a Abstartups trabalham cada vez mais para trazer de forma acessível e com credibilidade dados relevantes sobre o ecossistema de startups em todo Brasil. Quer saber como?

Além de dados do setor, estamos numa fase de constante criação de relatórios, mapeamentos do ecossistema e de verticais para entender o impacto da inovação e a evolução do mercado para os próximos anos.

Confira só onde encontrar informações das startups brasileiras:

Startupbase

O banco de dados mais completo do ecossistema brasileiro, fornece uma visão geral do cenário empreendedor nas principais regiões do Brasil e ainda permite uma busca avançada por startups e comunidades em todas as cidades já mapeadas.

Atualmente, são mais de 12.300 startups e dados apresentados em um dashboard atualizado em tempo real. Para saber mais, acesse e acompanhe aqui.

Mapeamento de comunidades

Quando se fala em comunidade, é comum os olhares se voltarem para os grandes centros de inovação como São Paulo. Mas você sabe hoje quais são as iniciativas que estão acontecendo em Rio Branco? Em Vitória? E lá no interior da Bahia?

Para conhecer o perfil e as tendências dessas comunidades espalhadas pelo país, o projeto de mapeamento de comunidades surgiu. Esse ano, com o apoio de outra grande instituição, o Google for Startups, o projeto vai mapear cidades e comunidades de startups de todas as regiões.

Para acessar as pesquisas já realizadas, acesse aqui. No estudo é possível encontrar os principais agentes, parceiros e conhecer a  rede de apoio para as startups de cada região.

CASE

O maior evento para startups da América Latina oferece ao ecossistema os principais temas, novidades e tendências de mercado para startups e stakeholders. Em sua 6º edição, o CASE 2019 vem preparado para discutir o futuro das startups e seus principais setores – hacker, hipster, hustler e hyper. Saiba mais.

Por que informação importa?

A visibilidade de uma comunidade representa relevância. Quanto mais informações sobre as startups de uma região, mais fácil se torna: identificar os agentes de fomento, listar as necessidades e destacar os pontos fortes.

Além disso, relevância atrai acesso à mercado. Todo empreendedor sabe da importância do networking, de participar de mentorias e de ouvir pessoas mais experientes para o desenvolvimento do seu negócio.

Então, se você quer contribuir também com informações, essa é a hora! A Darwin e a Wow aceleradora já se tornaram parceiras do Startupbase e imputaram informações das suas aceleradas. Se você também quiser fazer parte, com sua startup, hub ou de outras formas, entre em contato (acesse o Startupbase).

 


Ana Flávia Carrilo é comunicadora por essência, formada em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Acredita no acesso a informação como forma de transformação social. Atualmente, faz parte da equipe de comunicação da Associação Brasileira de Startups, ajudando no desenvolvimento do ecossistema empreendedor brasileiro.