Startups de todo Brasil, mas que tenham disponibilidade de viajar para Florianópolis, podem se inscrever até a próxima quinta feira (23) no programa de incubação do MIDITEC. O programa selecionará as melhores colocadas no processo seletivo, que terá o resultado divulgado no dia 20 de setembro e conta com o apoio da ACATE e do Sebrae SC. As inscrições devem ser feitas pelo site, mas o processo de aceleração será presencial na cidade de Santa Catarina.

Para a rodada de incubação, serão selecionadas sete startups de base tecnológica que já validaram o seu modelo de negócio ou estejam em processo de validação, e que necessitam, portanto, de apoio para tracionar, se desenvolver e gerar crescimento.

Dentre os benefícios do programa, destacam-se: desenvolvimento e aperfeiçoamento dos empreendedores enquanto gestores do negócio, programa de mentoria, consultorias, treinamentos e networking, aproximação com investidores e grandes players parceiros da incubadora. Ao todo, o processo poderá ter duração de até 24 meses e disponibiliza duas modalidades: residente e não-residente, de acordo com as necessidades de cada startup.

A jornada da startup o programa envolve três grandes fases: Start, com duração de seis meses e focada em entender melhor se a solução proposta pela startup atende a dor do seu cliente, e para isso é necessário testar hipóteses de mercado; Growth, que dura um ano e na qual o MIDITEC auxiliar a startup a verificar se o seu processo de vendas é viável e se o produto é rentável; por isso esta fase é totalmente focada em vendas para que a startup encontre a sua máquina de vendas; e Expansion, que corresponde aos últimos seis meses do programa, em que a startup já tem sua máquina de vendas operando e está em fase de se preparar para escalar e acelerar. Em cada etapa, algumas entregas principais são exigidas das empresas incubadas, o que confere a elas o status para avançar no programa.