Para incentivar o investimento-anjo no país, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), anunciou nesta semana a aplicação de até R$60 milhões em cotas do Fundo de Investimento em Participação (FIP) focado em empresas de perfil inovador e alto potencial de crescimento. Para mais informações sobre a inscrição, os interessados devem acessar o site.

Além disso, os recursos totais do fundo poderão a chegar a R$ 120 milhões, dependendo da capacidade de captação da gestora. O foco preferencial do investimento são companhias que atuem nos setores de agronegócios, biotecnologia, cidades inteligentes, economia criativa, saúde, cidades inteligentes e tecnologia da informação e comunicação (TIC).

A ação está descrita como Instrução CVM nº 578/16 e até então, esse tipo de investimento estava restrito a sociedades anônimas.  Com isso, o banco espera incentivar startups inovadoras com tecnologias disruptivas, reduzir a escassez de recursos para essas empresas nascentes com alto potencial de crescimento,  atrair investidores para o mercado de capitais voltado a essas empresas e estimular o ecossistema de inovação nacional.

A Domo Invest será responsável pelo mapeamento e seleção das empresas, articulação com aceleradoras e investidores-anjo e pela captação de outros investidores. Previsto para durar 10 anos, o fundo terá período de investimento de cinco anos, que poderá ser prorrogado por dois anos.

“Estamos honrados em participar com o BNDES desta empreitada desafiadora e temos certeza de que vamos auxiliar as startups investidas, nesse processo de maturação e crescimento de seus negócios, com networking e troca de muito conhecimento”, destaca o sócio da DOMO Invest, Rodrigo Borges.