Conta Azul, plataforma em nuvem para gestão de negócios que conecta donos de negócio e escritórios contábeis em tempo real, anuncia a abertura de sua primeira sede própria em São Paulo, apenas 1 ano após o início da operação na capital paulista. O novo escritório, localizado no bairro Jardins, receberá os quase 40 colaboradores e terá ambientação similar à da sede oficial da empresa, localizada em Joinville (SC).

Gabriel Porto, diretor de Marketing da Conta Azul e responsável por estruturar a operação da empresa na cidade, explica que a mudança é um marco importante, pois representa a consolidação da atuação da Conta Azul. “Chegamos em São Paulo com 6 colaboradores no primeiro mês e apesar de saber que cresceríamos a operação, não tínhamos certeza de quando aconteceria. Por isso, nos instalamos em um coworking, pela capacidade de escalar rapidamente, se necessário. O crescimento aconteceu e hoje, além do marketing, temos pessoas dos times de Field Sales, Engenharia, Produto, Financeiro por aqui também”, comemora.

Para Vinicius Roveda, CEO da Conta Azul, a abertura do escritório em São Paulo fez com que a empresa realizasse investimentos em infraestrutura de tecnologia e comunicação. “No começo, não estávamos preparados – não tínhamos headsets e salas devidamente equipadas. Agora temos preocupações que vão de estabilidade da internet à acústica da sala. Nossa cultura interna teve que passar por uma transformação. Por exemplo, estamos com uma nova política de reuniões e agora quando houver pessoas em cidades diferentes conectadas, todos participam ‘remoto’ para garantir uma experiência consistente e melhor”, explica.

O novo escritório da Conta Azul possui aproximadamente 200 metros quadrados e possibilita que a empresa dobre de tamanho. A decoração contempla as cores da empresa e mensagens que refletem seu DNA e cultura organizacional, como os valores estampados na parede e salas de reunião com os nomes de importantes clientes e parceiros da companhia. Além disso, há espaços coletivos e de descompressão, como um ambiente com puffs, copa, varanda, mesa de ping-pong e vídeo game.

Proximidade com stakeholders

Roveda conta ainda que a definição de abrir um escritório em São Paulo também tem como foco aumentar a proximidade da Conta Azul com o ecossistema de bancos, instituições financeiras e o mercado contábil. Este último, inclusive, era tratado pela empresa como um importante parceiro e passou a ser considerado também um cliente depois de outubro de 2018, quando a Conta Azul lançou a Conta Azul Mais, uma extensão da sua plataforma dedicada para o mercado contábil. Nela, donos de negócio e escritórios contábeis atuam juntos,em um mesmo ambiente, com a mesma versão dos dados, em tempo real.

Já o relacionamento com bancos tem como objetivo fortalecer as integrações bancárias disponíveis para os clientes da plataforma Conta Azul, além de possibilitar que as pequenas empresas tenham acesso à ofertas personalizadas, de acordo com suas necessidades. Vale lembrar ainda que a Conta Azul, em 2017, firmou uma parceria de open banking inédita com o Banco do Brasil, elevando o nível de transparência e segurança das informações para um nível mais avançado no país.

A empresa, que crescerá 100% ao ano até 2020, reúne aproximadamente 4 mil novos clientes todos os meses e possui mais de 10 mil escritórios contábeis parceiros.

Dia 11 de julho acontecerá o Startupi Innovation Tour Fintechs, e a Conta Azul é uma das empresas participantes desta imersão! Quer conhecer de perto o novo escritório em São Paulo, além de bater um papo com quem faz este case de sucesso acontecer? Garanta sua vaga aqui!