A Huawei, líder global em soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), lançou o chip TIANGANG, o primeiro do mundo projetado especificamente para estações radiobase 5G.

O chip inovador vai suportar redes 5G simplificadas e implementação de rede 5G em larga escala em todo o mundo. Até o momento, a empresa firmou 30 contratos comerciais de 5G e embarcou mais de 25.000 estações radiobase 5G globalmente.

A Huawei está comprometida em assumir a complexidade e criar simplicidade para seus clientes. Para isso, realizou altos investimentos e continua inovando.

Seus chips 5G end-to-end suportam redes de todos os padrões e todas as bandas (banda C, 3.5G e 2.6G), auxiliando os clientes a acessarem os melhores serviços sem fio e microondas.

“Fomos os primeiros a fazer avanços nas principais tecnologias para uso comercial em larga escala de 5G e construir um ecossistema maduro da indústria”, afirmou Ryan Ding, diretor executivo da Huawei e CEO da Unidade de Negócios de Operadoras. ” Estamos liderando no setor para fornecer 5G end-to-end, com redes 5G simplificadas e operações e manutenção simplificadas (O & M)”, concluiu o executivo. 

O chip TIANGANG da Huawei conta com as seguintes inovações:

  • Integração – pode suportar integração em grande escala de amplificadores de potência ativos (PAs) e matrizes de antenas passivas em antenas muito pequenas.
  • Potência de computação – possui capacidade de computação alta, com um aumento de 2,5 vezes em relação aos chips anteriores. Utilizando os mais recentes algoritmos e tecnologia debeamforming, um único chip pode controlar até 64 canais, que é o mais alto padrão da indústria.
  • Largura de banda espectral – suporta também a alta largura de banda espectral de 200 MHz, preparando-se para futuras implementações de rede.

O chip também traz melhorias revolucionárias em unidades de antena ativa (AAUs), com estações base 50% menores, 23% mais leves e 21% menos consumidoras de energia.

O tempo de instalação das estações radiobase 5G é reduzido pela metade em comparação com o tempo de instalação de uma estação radiobase 4G. Esses recursos ajudarão a resolver problemas como aquisição de sites e custos de implantação de rede.