O Google, da Alphabet, investirá mais de 1 bilhão de dólares para estabelecer um novo campus em Nova York, tornando-se a segunda grande empresa de tecnologia, após a Amazon, a escolher a capital financeira dos Estados Unidos para expandir operações e criar milhares de empregos.

O campus de cerca de 518 mil metros quadrados incluirá propriedades arrendadas em Hudson Street e Washington Street, disse a empresa em seu site nesta segunda-feira. O Google espera inaugurar o prédio em 2022.

Os planos do Google de investir fora de sua base acompanham outras gigantes de tecnologia norte-americanas, como a Apple, que recentemente disse que investirá 1 bilhão de dólares para construir um novo campus em Austin, no Texas.

O movimento para investir em imóveis de primeira linha no lado oeste de Manhattan também ressalta a importância crescente de Nova York como um centro de inovação e uma incubadora para empresas de tecnologia.

“Nosso investimento em Nova York é uma grande parte do nosso compromisso de crescer e investir em instalações, escritórios e empregos nos EUA. Na verdade, estamos crescendo mais rápido fora da região da Bay Area (em São Francisco) do que dentro dela”, disse Ruth Porat, vice-presidente financeira do Google e da Alphabet.

O primeiro escritório do Google em Nova York é um dos maiores prédios de Nova York, comprado em 2010 por 1,77 bilhão de dólares.

A Amazon também disse em novembro que criará mais de 25 mil empregos com duas novas unidades em Nova York e Arlington, na região de Washington.

Com os nos novos prédios, o Google disse que mais que dobrará o número de funcionários em Nova York nos próximos dez anos. Atualmente o Google tem mais de 7 mil funcionários na cidade.

Fonte: Agência Reuters