* Diego Carmona

No tempo em que vivemos, o acesso a informação é fácil e rápido. A internet possibilitou o avanço do marketing digital e, com isso, as formas de gerar leads aumentaram. Como o consumidor está sempre em busca de conhecimento, a produção de conteúdo por meio de leads é uma questão que interessa a todos os empreendedores que estão inseridos no mundo virtual. Vamos listar aqui algumas formas de usar essa estratégia de maneira assertiva.

A primeira delas é o WhatsApp, meio de comunicação mais usado nos últimos tempos pela “facilidade na palma das mãos”. Muitas marcas o utilizam para criar grupos ou listas de transmissão no aplicativo, com o objetivo de captar informações do usuário antes de fornecer o que ele deseja.

Outra prática bastante usada para captação de leads são os webinars, ou seja, aulas ao vivo com transmissão on-line. Eles contam com a interação da audiência para sanar dúvidas do espectador e fortalecer a marca, uma vez que ela passa a ser tida como confiável. Dessa forma, a assertividade na captação de lead é feita antes, durante e depois do webinar. É comum também algumas empresas deixarem o conteúdo disponível no site, possibilitando o acesso de internautas que, por algum motivo, não conseguiram participar da transmissão em tempo real.

Além desse recurso, algumas marcas disponibilizam artigos em seus sites. Quanto melhor forem construídos, mais visitantes eles atrairão. Como os portais de cada empresa podem ser customizados, é possível colocar um formulário para ser preenchido com os dados pessoais do usuário antes deste ter acesso ao conteúdo. Dessa forma, o empresário pode se desfrutar deste contato para uma troca de informações.

O e-book também pode ser usado para a captação de lead. Justamente entre o primeiro contato com o conteúdo da marca (em um artigo, por exemplo) e o download do e-book, é que acontece a troca, afinal você soluciona o problema do visitante e ele se torna um lead. O recurso do livro digital pode requisitar que o visitante deixe informações úteis para o seu negócio, como nome, e-mail, empresa ou cargo, antes de permitir o seu download.

Por último, destaco os infográficos como geradores de leads. Como diz o ditado “uma imagem vale mais que mil palavras”. Isso porque, com o conteúdo visual, o leitor consegue ter acesso a informação em alguns segundos, além de deixar temas complexos mais fáceis de entender. Bem produzido, um infográfico pode conquistar o interesse de outros sites de conteúdos e blogs, que podem acabar replicando o seu material e tornando o empreendedor uma referência no assunto.

E aí, qual dessas alternativas faz mais sentido para sua estratégia de leads?


Diego CarmonaDiego Carmona é cofundador e CVO do leadlovers. Formando em Ciência da Computação, o empresário trouxe a visão do mercado de tecnologia para o segmento de marketing para criar uma plataforma inovadora para impulsionar vendas através da internet. O leadlovers é uma plataforma pioneira no país que oferece serviços completos em automação de marketing para startups, pequenas e médias empresas e produtores do mercado digital.